Madeira: SESARAM já recebeu mais de 25 mil vacinas e vacinou mais de 18 mil pessoas contra a gripe

Para este ano, o Governo Regional adquiriu 56 mil vacinas, um investimento na ordem dos 460 mil euros, e que representa um aumento de 40% em relação ao ano passado.

O Serviço de Saúde da Região Autónoma da Madeira (SESARAM) já recebeu mais de 25 mil vacinas, o que corresponde a cerca de 50% do valor total de vacinas adquiridas pelo Governo Regional para este outono, inverno (56 mil vacinas). A campanha de vacinação contra a gripe está no terreno desde o dia 28 de setembro e já permitiu vacinar mais de 18 mil pessoas.

Para a próxima semana está já programada a receção de mais cinco mil vacinas, mantendo-se o normal cumprimento do cronograma assumido com a indústria farmacêutica fornecedora das vacinas.

Na presente data o número de vacinas recebidas corresponde a cerca de 50% do valor total, isto é 25 mil vacinas.

Desde o dia 19 de outubro, data em que se iniciou a segunda fase da campanha de vacinação contra a gripe, já foram vacinadas mais de dez mil pessoas, superando os números registados ao nível de adesão no ano passado.

Estas vacinas contra a gripe são gratuitas e estão disponíveis para a população no centro de saúde da área de residência.

Para este ano, o Governo Regional adquiriu 56 mil vacinas, um investimento na ordem dos 460 mil euros, e que representa um aumento de 40% em relação ao ano passado.

Para levar a cabo esta missão de reforçar a cobertura vacinal contra a gripe na Região, numa época marcada pela pandemia da Covid-19, os centros de saúde disponibilizam equipas com profissionais de saúde dedicadas à sua administração e disponibilizam horários flexíveis à população para assegurar a vacinação.

Importa reforçar que para esta segunda fase da campanha de vacinação estão abrangidas todas as pessoas com idade igual ou superior aos 65 anos de idade, gratuitamente, bem como doentes crónicos, entre outros. O objetivo é vacinar todas as pessoas que pertençam aos grupos de risco.

Ler mais
Recomendadas

JP Madeira pede mais apoio às forças de segurança

A Juventude Popular da Madeira diz que tratamento das forças de segurança, pelo Governo da República, durante a pandemia, tem sido “irresponsável e insensato, colocando os elementos sobre stress e comprometendo a segurança nacional”.

Madeira: eurodeputada do PS saúda manutenção de verbas do POSEI

As dotações do POSEI, Programa de Opções Específicas para o Afastamento e a Insularidade nas RUP, mantêm-se.

Turismo da Madeira teve quebra de 58% nas dormidas em outubro

Em outubro 50% dos estabelecimentos de alojamento turístico terão estado encerrados ou sem movimento de hóspedes.
Comentários