Madeira: Setor do Turismo satisfeito com entrada da Região no corredor turístico do Reino Unido

Nuno Vale revela que a entrada da Madeira neste corredor vai proporcionar às companhias aéreas britânicas “que estavam com algum receio de reatar as rotas para a Região, poderem agora fazê-lo com confiança”.

O setor do turismo da Madeira está satisfeito com a entrada da Madeira no corredor turístico do Reino Unido. Ao Económico Madeira consideram esta uma “decisão positiva”.

O Diretor Executivo da Associação de Promoção da Madeira, Nuno Vale, revela que a entrada da Madeira neste corredor vai proporcionar às companhias aéreas britânicas “que estavam com algum receio de reatar as rotas para a Região, poderem agora fazê-lo com confiança”.

Já o Diretor Geral do hotel Meliá Madeira Mare, João Seixas, diz que espera que ainda se vá a tempo de estas companhias de aviação civil que se mostravam indecisas poderem reatar a rota para a Região. Nesse sentido, sublinha que as próximas 72 horas são decisivas para ver se a oferta de voos para a Região a partir do Reino Unido vai aumentar.

A Diretora Comercial do Castanheiro Boutique Hotel, Sandra Abreu, explica que agora há que ter mais cuidados com a segurança e higiene, mas que em termos económicos este foi um grande passo, destacando o facto de mercado emissor inglês ser um dos mais importantes não só do hotel, mas também da Região. “É muito importante para nós existir essa confiança”, frisa.

Recomendadas

Covid-19: Albuquerque considera desnecessário aplicar medidas do continente (com áudio)

Desde 27 de novembro, segundo uma resolução do executivo madeirense, pode ser exigido na região teste antigénio negativo, com validade semanal, em alguns casos cumulativamente com certificado de vacinação contra a Covid-19, para acesso a vários espaços abertos e fechados, como restaurantes e ginásios.

Câmara do Funchal disponibiliza testes de antigénio a comerciantes do Mercado dos Lavradores

A testagem será feita através do protocolo já existente com os Serviços Médicos de Urgência, que compreende um stand de testes de antigénio aos visitantes do Mercado dos Lavradores.

Anunciadas novas regras de combate à atividade financeira não autorizada e de proteção dos consumidores

Este diploma é de especial relevância na defesa e proteção dos direitos e interesses dos consumidores considerando os perigos e os efeitos devastadores na vida financeira, social e familiar que tem o recurso a entidades não autorizadas.  
Comentários