Madeira tem 20,5% dos alojamentos turísticos do país

A Madeira supera o território nacional em termos das dormidas de estrangeiros e também na estada média.

A Madeira tinha 1.194 dos 5.840 alojamentos turísticos do país, correspondendo a 20,5% da oferta total, de acordo com o Retrato da Madeira da Pordata, projeto estatístico da Fundação Francisco Manuel dos Santos.

A maior parte dos alojamentos turísticos da Madeira estavam situados no Funchal com 545. A Calheta tinha 243 alojamentos turísticos, seguida por Santa Cruz com 128 alojamentos.

Com menos alojamentos turísticos estava Câmara de Lobos com 14 e a Ribeira Brava com 19.

No turismo verifica-se que a Madeira foi responsável por 6,8% dos hóspedes do país, em 2017. À região chegaram 1,6 milhões de hóspedes. O Funchal recebeu 1 milhão de hóspedes, seguido por Santa Cruz com 192 mil.

Com menos hóspedes estiveram a Ponta do Sol com 20 mil e a Ribeira Brava com 21 mil.

Do total de hóspedes da Madeira 81% foram estrangeiros, face aos 62% do território nacional. A estada média ficou em 5,2 noites face às 2,7 noites do país.

[frames-chart src=”https://s.frames.news/cards/receitas-do-turismo/?locale=pt-PT&static” width=”300px” id=”172″ slug=”receitas-do-turismo” thumbnail-url=”https://s.frames.news/cards/receitas-do-turismo/thumbnail?version=1550677990071&locale=pt-PT&publisher=www.jornaleconomico.sapo.pt” mce-placeholder=”1″]

Ler mais
Relacionadas

Empresas da Madeira geram 1,5 mil milhões de valor acrescentado bruto

O Funchal contribui com 1,1 mil milhões de euros do valor acrescentado bruto (VAB) gerado pelas empresas não financeiras da Madeira.

Empresas: Funchal foi o único município da Madeira com saldo positivo entre exportações e importações

A madeira teve um saldo positivo de 62 milhões de euros, fortemente influenciado pelo Funchal que apresentou 108 milhões de euros no balanço entre exportações e importações.
Recomendadas

Faça a leitura do seu contador de eletricidade para diminuir valor da fatura

A DECO deixa ainda um alerta sobre os consumos prescritos, pois o consumidor neste caso não é obrigado a pagar esses valores. Entende-se que um consumo está prescrito quando os valores cobrados correspondem a períodos antecedentes a 6 meses em relação à data de emissão da sua fatura.

Presidente do CDS-PP mantém confiança política no líder do CDS-PP Madeira

O líder do CDS-PP disse que mantém a confiança política em Rui Barreto, líder do CDS-PP Madeira, “na medida em que não foi cometida nenhuma ilegalidade”. No sábado Rui Barreto indicou ter colocado à disposição o cargo de secretário da Economia, no governo PSD/CDS-PP, e disse ter “a confiança política da direção do CDS-PP, assim como a confiança política do presidente do Governo da Madeira [Miguel Albuquerque]”.

Parque Ecológico do Funchal conta com novo percurso pedonal

O novo percurso tem uma extensão de 2,2 kms e faz a ligação entre a Ribeira das Cales e a Levada do Barreiro.
Comentários