Madonna reage a cavalo proibido em palacete com 150 anos: “Já dei tanto a este país e quando peço um favor simples a resposta é negativa”

Basílio Horta chumbou o pedido da cantora norte-americana e deixou bem claro: “Há coisas que o dinheiro não paga. O palácio é de todos e não é para ser estragado”, afirmou o autarca de Sintra.

Madonna considera que Portugal revelou ingratidão para com ela, por a autarquia de Sintra ter proibido filmagens com um cavalo num palacete com mais de 150 anos em Sintra.

Tudo começa no dia 12 de março, a produtora nacional “Twenty four seven” dirigiu à Câmara Municipal de Sintra um pedido de autorização para a utilização do palácio na gravação de um videoclip, não especificando que era Madonna a personalidade por detrás do pedido. A gravação em questão será para o novo vídeo “Indian Summer”.

O pedido destinava-se à reserva da Quinta Nova da Assunção entre dia 15 e 20 de março, e as gravações iriam ocorrer no últimos dias, “no período noturno, entre as 17 horas e as 7 horas”, segundo noticia o jornal ‘Expresso’. A autarquia autorizou a cedência do espaço e os pedidos para a modificação de decoração, no entanto apenas uma cena foi negada.

A entrada de um cavalo no palacete datado de 1860 foi chumbada, uma vez que “o soalho de madeira assenta sobre uma caixa de ar e podia ser danificado”, segundo a fonte do jornal. Como o “piso do rés do chão assenta sobre uma estrutura de vigas de madeira”, o piso não é estabilizado e isso “impede a utilização de atividades que provoquem vibrações”. Um cavalo pode chegar aos 550 quilos, o que poderia afetar a estrutura.

A cantora levantou objeções sobre o guião de gravação não estar a ser seguido, o que levou os produtores a contactar o gabinete do Presidente da Câmara para reverter a decisão. A fonte do jornal revelou que os produtores “tentaram tudo, até disseram que iam falar com o primeiro-ministro”. Com o aumento da tensão, foram enviados três polícias municipais à paisana para evitar problemas, e terá sido quando Madonna ligou ao agente a pedir ajuda.

“Desculpa, minha rainha. Estou a fazer o meu melhor. Telefonei a muita gente e enviei várias mensagens. Infelizmente, o homem que pode decidir não está disponível, mas em alguma altura vai estar”, disse o agente da cantora em mensagens reveladas pelo jornal ‘Correio da Manhã’.

Em resposta, Madonna escreve que já decidiu filmar noutro local e acusa Portugal de ser ingrato para com ela. “Já dei tanto a este país e quando peço um favor simples, de facto para mostrar Portugal ao mundo, a resposta que obtenho é negativa”, segundo as mensagens reveladas pelo Correio da Manhã.

Mais à frente culpa o agente pela sua mudança para Lisboa. “A culpa é tua. Tu é que me convenceste a vir morar para cá”.

Basílio Horta explica que “há coisas que o dinheiro não paga” e mesmo que Madonna seja uma artista, “o palácio é de todos e não é para ser estragado”. O Presidente da Câmara de Sintra admite que se fosse um português não fazia um escândalo semelhante e que leva “muito a sério o princípio da igualdade”.

O jornal ‘ Correio da Manhã’ afirma que Madonna se vai mudar do Palácio Ramalhete, nas Janelas Verdes, partilhando fotografias de carrinhas de mudanças à porta da residência da ‘rainha da Pop’. O jornal admite que a cantora visitou palacetes em Cascais e em Sintra.

Ler mais
Recomendadas

Museu Charles Dickens paga 200 mil euros por quadro desaparecido desde 1886

Após ter sido avistado pela última vez em 1886, o quadro foi encontrado em África do Sul dentro de uma caixa de cartão que se encontrava em leilão. “Estamos muito empolgados em trazer o retrato perdido para casa e estamos extremamente gratos e tocados pelo generoso apoio que recebemos”, afirmou a diretora do museu.

Cinema e mostras de arte na Lusófona

Os melhores trabalhos dos estudantes de cinema e arte dos media podem ser vistos entre 22 e 25 de julho no campus da universidade e no cinema S. Jorge.
petronas towers kuala lumpur

Arquiteto César Pelli que projetou Torres Petronas em Kuala Lumpur morreu aos 92 anos

César Pelli foi o arquiteto responsável pela ampliação do Museu de Arte Moderna (MoMa) de Nova York, em 1984, construiu a Torre Iberdrola, em Bilbau, o International Financial Center, em Hong Kong, a Grande Torre Costanera, em Santiago do Chile, além de dezenas de teatros e centros culturais em todo o mundo.
Comentários