Mais de 82% dos portugueses quer receber vacina contra Covid-19 (com áudio)

O indicador da Escola Nacional de Saúde Pública demonstra que 7,5% dos portugueses inquiridos revelaram terem estado num grupo com dez ou mais pessoas nas últimas duas semanas, um valor que se tinha fixado em 4,9% no dia 19 de março.

A grande maioria dos portugueses, cerca de 82,2%, assume que quer receber a vacina contra a Covid-19, revelou esta terça-feira, 13 de abril, a epidemiologista Carla Nunes da Escola Nacional de Saúde Pública durante a reunião do Infarmed. Sabe-se ainda que 10,2% dos portugueses ainda não decidiram sobre a toma da vacina, enquanto 7,8% não quer receber uma das quatro vacinas.

Entre os dados apresentados pela professora catedrática, os portugueses apontou que têm convivido mais nas últimas semanas. O indicador mostrou que 7,5% dos portugueses inquiridos revelaram terem estado num grupo com dez ou mais pessoas nas últimas duas semanas, um valor que se tinha fixado em 4,9% no dia 19 de março.

A especialista adiantou ainda que há cada vez mais portugueses a classificarem a máscara como um equipamento “muito difícil” de usar. Carla Nunes aponta na reunião do Infarmed que esta é uma “alteração significativa” no indicador, que passou de 7,5% para 14,5% de 19 de março para 2 de abril.

Também o teletrabalho e o dever de ficar em casa tem sido difícil de comportar para os portugueses nas últimas semanas. De relembrar que a 11 de março de 2020, a Organização Mundial da Saúde classificou o vírus SARS-CoV-2 como uma pandemia, e durante esse mês várias empresas adotaram o trabalho remoto como obrigatório.

Relacionadas

Variante do Reino Unido “dominou cenário epidemiológico” em Portugal em março

Existe um maior número de casos desta variante no Algarve e Madeira (94% dos casos de Covid-19), enquanto que no Porto o valor é de 71,4%.
Recomendadas

Malásia decreta restrições para travar nova vaga da pandemia

O chefe do Governo malaio justificou as medidas com a pressão no sistema de saúde, devido ao aumento de casos da covid-19 e à presença no país da variante no novo coronavírus detetada na Índia.

Variante detetada na Índia presente em 44 países, afirma Organização Mundial de Saúde

Esta semana, a OMS classificou esta variante do novo coronavírus como “de preocupação ou de interesse global” por estudos indicarem ser mais contagiosa do que o vírus original.

Mais de um milhão de portugueses estão vacinados contra a Covid-19

Dos cidadãos inoculados, 204.147 milhões de pessoas tomaram uma dose da vacina contra a Covid-19, segundo a Direção-Geral da Saúde.
Comentários