Makro Portugal apresenta maior evento de ‘Street Food’, em Alfragide

O ‘Street Food by Makro’ vai decorrer no parque de estacionamento da loja da cadeia de distribuição em Alfragide até 18 de outubro e engloba nove ‘food trucks’, com abertura ao público entre as 12 e as 20 horas.

A Makro Portugal assegura que está a organizar o maior evento de ‘street food’ em Portugal, o ‘Street Food Makro Alfragide’, que se iniciou a 21 de setembro, passada segunda-feira, e se irá prolongar até a 18 de outubro próximo, na loja da cadeia de distribuição, em Alfragide, das 12 às 20 horas.

“A Makro Portugal apresenta o ‘Street Food by Makro’, a maior ativação de ‘Street Food’ do ano em Portugal. A realizar-se entre 21 de setembro e 18 de outubro no parque de estacionamento da Loja Makro de Alfragide (Rua Quinta do Paizinho, Portela de Carnaxide, 2790-236, Carnaxide), das 12 às 20 horas. Nove ‘Food Trucks estarão estrategicamente posicionadas num espaço com cerca de 600 metros quadrados, com o objetivo de proporcionar aos participantes um evento original, divertido e descontraído com todas as medidas de segurança e higiene necessárias em tempos de pandemia como o que se vive atualmente”, anuncia um comunicado da Makro Portugal.

O mesmo documento acrescenta que, “atualmente, as seis ‘Food Trucks’ serão representadas pela ‘Fiesta Mexicana’, ‘Legend Hot Dog’, ‘Polaroskas’, ‘Tripa on Wheels’, ‘Bolas da Praia’, ‘Quiosque Lisboa’, juntando-se em breve, ‘Toasts à Portuguesa’, ‘Veggie Lovers’ e ‘Chakburguer (do Chef Chakall)”.

“O parque de estacionamento da loja Makro de Alfragide encontra-se localizado no coração de um centro empresarial. Uma vez que muitas empresas se encontram neste momento a regressar à sua normalidade, a grossista oferece agora uma ativação ao ar livre para todos os que procuram realizar as suas refeições em segurança e de uma forma diferente e alternativa”, assinala o referido comunicado.

Segundo 0s responsáveis da Makro Portugal, “o espaço estará organizado de forma a garantir o conforto e segurança de todos, sendo que durante o evento estará assegurado espaço para estacionamento e livre circulação de pessoas, para que possam usufruir da experiência respeitando as medidas de segurança”.

“Música e animação serão também palavras de ordem” marcarão também este evento.

“Esta ideia surgiu da necessidade de pensarmos em algo que pudesse contribuir para, de alguma forma, ajudar o setor da hotelaria e restauração num período que sabemos tem sido muito desafiante para o setor. O parque de estacionamento da loja Makro de Alfragide é considerável e pensámos que a organização de uma ação desta natureza poderia contribuir para esta ativação, salvaguardando naturalmente todas as questões de higiene e segurança inerentes à realização de um evento deste tipo numa época como a que vivemos atualmente. Convidamos todos a virem visitar-nos ao longo destas quatro semanas. Na Makro, sabemos receber e esta será uma oportunidade para nos virem visitar”, comenta Nuno Loução, Diretor da loja Makro de Alfragide.

A entrada é livre encontrando-se sujeita à lotação do espaço, sendo que em todas as ‘food trucks’ será possível realizar pagamento via mb way, multibanco e numerário.

“Mais uma vez, a Makro junta-se ao setor Horeca [Hotelaria, Restauração, Cafetaria], no sentido de criar valor para os seus clientes e donos de negócios próprios, proporcionando um momento de descontração onde não faltará música, refeições deliciosas e ações dinâmicas”, conclui o comunicado em questão.

Ler mais
Recomendadas

Sogrape adia o lançamento do vinho Barca Velha 2011 para depois de 2020

Perante a dificuldade em extrair as rolhas originais das garrafas, a Sogrape decidiu rearrolhar toda a produção de 75cl de Barca-Velha 2011, “procurando com isso preservar a longevidade do vinho e proteger a sua notoriedade e qualidade irrepreensível, entretanto já avaliada com nota máxima pela crítica nacional”, refere a Sogrape.

Vinhos do Alentejo aumentaram em 7% exportações para o Brasil no primeiro semestre

Segundo Francisco Mateus, presicdente da CVRA – Comissão Vitivinícola Alentejana, os vinhos da região representam quase 25% de todas as vendas de vinhos portugueses no Brasil.

PremiumCAP defende estrutura própria para gerir nova vaga de fundos europeus

Eduardo Oliveira e Sousa, presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal, advoga que o avultado volume de fundos comunitários que o país aguarda a partir de 2021 deverá ser gerido por uma entidade específica, na dependência direta do primeiro-ministro.
Comentários