Manuais escolares: queixas subiram 317% em relação a 2017

O Portal da Queixa, a maior rede social de consumidores de Portugal, registou entre o início de agosto e 6 de setembro deste ano um aumento de 317% do número de reclamações relativas aos manuais escolares, face ao período homólogo.

A uma semana do regresso às aulas as queixas relativas aos manuais escolares cresceram entre o início de agosto e 6 de setembro deste ano, 317% em relação ao último ano, segundo o ‘Portal das Queixas’. Ao Ministério da Educação e Ciência (MEC), entre julho e 6 de setembro de 2018, já chegaram ao ‘Portal da Queixa’ mais de 100 reclamações, uma subida de 100%, comparativamente com 2017. 

Um dos principais motivos da insatisfação dos consumidores está relacionado com a plataforma MEGA (Manuais Escolares Gratuitos) lançada, este ano, pelo MEC. O principal motivo das reclamações contra esta plataforma está relacionado com problemas associados à emissão dos vouchers.

Há quem tenha feito o registo e não tenha recibo dos vouchers. Existem ainda casos em que os consumidores recebem o voucher e depois este é anulado. Além dos problemas associados aos vouchers, os consumidores deparam-se, também, com a impossibilidade de contacto para esclarecimentos e resolução dos seus problemas.

Recomendadas

E se o meu filho tiver dificuldades de aprendizagem e de atenção?

Não desespere, nem fique apreensivo. Más notas na escola não significam necessariamente falta de inteligência ou qualquer perturbação intelectual.

Mitos e perguntas frequentes sobre a dislexia

A dislexia é sinónimo de baixa inteligência? Quando se avalia a dislexia? Devo esperar até ao final do 2º ano? Só os rapazes têm dislexia? A dislexia é um problema visual? Tem cura? Quem faz o diagnóstico da dislexia? Neste artigo clarificamos os mitos e as perguntas mais frequentes sobre a dislexia.

Como fazer com que o meu filho participe nas tarefas domésticas?

Os filhos, como parte integrante da família, devem também participar em todas as rotinas e atividades da casa que sejam possíveis de adaptar à sua idade.
Comentários