Mercadona aumenta vendas em 5,5% apesar da Covid-19

No ano de 2020 a Mercadona registou um aumento nas vendas de 26.932 milhões de euros.

O empurrão no consumo doméstico no ano passado, devido à pandemia, traduziu-se num aumentou das vendas da primeira cadeia de supermercados espanhola, a Mercadona, para 26.932 milhões de euros, segundo o “El Economista”.

O aumento representa um crescimento de 5,5%. A cadeia de distribuição presidida por Juan Roig tinha registado um volume de negócios de 25.500 milhões de euros e um resultado líquido de 623 milhões, em 2019.

Segundo Roig, num “ano atípico” marcado pela pandemia, as visitas às lojas diminuíram 16%, mas o preço médio por compra cresceu 26%, para 29 euros. O volume de negócios superou a previsão da Mercadona para este ano, que era de crescer 4% em vendas, para 26,5 mil milhões. Apesar do sucesso, o presidente da Mercadona reconheceu que a empresa perdeu meio ponto na cotas de mercado nas vendas.

“A falta de turistas tem-nos afetado muito porque somos muito fortes nas zonas de Espanha com mais turismo, como a costa mediterrânica. Também saímos do centro em algumas zonas e, sobretudo, há alguns concorrentes que o são. indo muito bem “, apontou Juan Roig.

A par com o aumento nas vendas, o ano da pandemia marcou a Mercadona pelo reforço laboral, sendo que a empresa contratou 5.000 pessoas e atingiu 95.000 trabalhadores na Espanha e Portugal. A empresa valenciana acrescentou um total de 1.639 supermercados na Espanha e Portugal no final de 2020.

Relacionadas

Carro elétrico. Mercadona vai ter 40 pontos de carregamento nos seus supermercados em Portugal

Os pontos de carregamento vão ser instalados e operados pela Iberdrola e integrados na rede Mobi.e. Os clientes vão poder assim carregar os seus veículos elétricos enquanto fazem compras nas 20 lojas da Mercadona em Portugal.

Mercadona elimina descartáveis de plástico de uso único

Com este movimento, a empresa espanhola de distribuição deixará de usar três mil toneladas de plástico ao ano, fomentando assim a economia circular e diminuindo o impacto ambiental.  Em 2025, a Mercadona garante que terá reduzido 25% do plástico dos seus lineares, utilizará embalagens recicláveis e reciclará todos os seus resíduos de plástico.
Recomendadas

PremiumBanco e encomendas impulsionaram lucro dos CTT até março

Resultado líquido dos CTT nos primeiros três meses do ano mais do que duplicou, em termos homólogos, para 8,7 milhões de euros.

Aldi e Coviran expandem redes em Portugal com abertura de novos supermercados

O grupo alemão Aldi vai abrir uma nova loja em Canelas, Vila Nova de Gaia, enquanto o grupo espanhol inaugura um supermercado no Cartaxo.

Continente comprou mais de 365 milhões de euros à produção nacional em 2020

Através do Clube Português de Produtores, este montante representa um crescimento de 28% em relação às toneladas compradas em 2019, revela a empresa de distribuição pertencente ao Grupo Sonae.
Comentários