“Mercados em Ação”: Assista ao programa desta semana

Acompanhe o “Mercados em Ação” no site e nas redes sociais do Jornal Económico. E reveja-o através da plataforma multimédia JE TV.

Assista em direto ao “Mercados em Ação” da JE TV.

Devido às medidas para conter o surto do novo coronavírus, as próximas edições do programa vão ser gravadas de forma remota. Em tempo de turbulência na economia e nos mercados pode manter-se a par das últimas novidades, contando como sempre com a análise feita por especialistas.

Nesta edição, Shrikesh Laxmidas (diretor-adjunto do JE) e Marco Silva (consultor de estratégia e investimento) analisam o regresso da volatilidade às bolsas, fazer um diagnóstico à época de resultados das cotada e antevisões à reunião da Reserva Federal e a divulgação dos dados dos PIB dos segundo trimestre nos EUA e na zona euro.

Para comentar estes temas vai estar no nosso estúdio virtual Tiago Cardoso, responsável regional para a Península Ibérica da corretora Infinox.

Recomendadas

“All-in numa altura de pandemia é uma forma de investir demasiado arriscada”

O economista e ex-futebolista Diogo Luís vê na contratação de Jorge Jesus uma mudança de paradigma mas considera que não existe um projeto desportivo bem definido. “Isto tem mais a ver com salvar a própria pele”, referiu o comentador no programa “Jogo Económico” da JE TV.

“PIB português? Ninguém sabe muito bem onde está a economia”

Filipe Garcia, economista e presidente da IMF-Informação de Mercados Financeiros. foi o convidado da última edição do programa da JE TV “Mercados em Ação”. Sobre a queda do PIB português, o economista mencionou as várias previsões que têm sido feitas quanto à queda deste indicador.

“Eleições no Benfica? Vieira teria mais a ganhar com um treinador que não dividisse os adeptos”

Na última edição do programa “Jogo Económico”, o jornalista João Marcelino considera que existem muitas questões por explicar na contratação de Jorge Jesus por parte do SL Benfica, sobretudo depois do que se disse após a saída do técnico da Luz em 2015.
Comentários