Merlin Properties investe 19,5 milhões na sede da Nestlé em Portugal

A empresa espanhola continua a reforçar a presença no país. O edifício em Linda-A-Velha continuará a acolher a Nestlé, bem como uma divisão de serviços de negócios e a Nespresso Global.

A espanhola Merlin Properties comprou a sede da Nestlé em Portugal por 12,5 milhões de euros, numa operação de sale & leaseback [venda do imóvel corporativo para o alugar novamente], e alocou outros 7 milhões de euros para investimento no edifício, confirmou a empresa suíça ao Jornal Económico.

A sede da Nestlé em Linda-a-Velha é uma propriedade de 12.260 metros quadrados de área bruta e 303 lugares de estacionamento. O edifício está dividido em duas alas ligadas por um espaço comum, e deverá ser convertido num ‘campus’ empresarial, mantendo ali a sede da multinacional agroalimentar, bem como uma divisão de serviços de negócios e a Nespresso Global.

A sociedade cotada de investimento imobiliário (SOMICI) liderada por Ismael Clemente pretende, através desta transação, pretende reforçar a sua presença no país, onde detém um portfólio de escritórios na ordem dos 115.000 metros quadrados e obter um retorno bruto de 7% sobre o investimento total depois de concluir a transformação do local.

Já em janeiro a Merlin Properties havia anunciado a aquisição, por 112 milhões de euros, dos edifícios Art’s Business Center e a Torre Fernão de Magalhães, no Parque das Nações, ‘abrindo as hostilidades’ aos grandes negócio do imobiliário comercial de 2019 em Portugal Na altura, o grupo espanhol, que tem sido assessorado juridicamente por advogados da Garrigues, revelou que com esta aquisição a sua carteira de edifícios de escritórios na cidade de Lisboa (com uma área bruta arrendável de 29.985 metros quadrados) subiu para uma área de mais de 100 mil metros quadrados.

Do lado da Nestlé, o apoio legal esteva a cargo da PLMJ através de uma equipa coordenada por Margarida Osório de Amorim, sócia na área de Imobiliário, Urbanismo e Turismo e integrou Mafalda Falcão, associada da mesma área de prática.

Recomendadas

Premium70 anos da Santini. Como a teoria do Big Bang se pode aplicar aos gelados artesanais

Desde o avô Attilio, desde a Cortina d’Ampezzo, a história da mais famosa gelataria portuguesa está a comemorar a partir desta semana o seu 70.º aniversário e já vai para a quarta geração dentro da família. O grande salto de expansão da cadeia foi dado, há cerca de 12 anos, com a parceria com a família Botton. Os novos desafios passam por mais lojas em Lisboa, Porto e Algarve, bem como a entrada nos mercados internacionais.

Vacas alimentadas com girassóis de Viana do Castelo dão queijo “especial” em Barcelos

A primeira plantação de girassóis em Carreço, Viana do Castelo, tem mais de um hectare e vai alimentar cerca de 200 vacas de uma exploração de Barcelos para dar um queijo com “textura especial” produzido para épocas festivas.

Vendas dos vinhos de Lisboa estão a crescer 20% face a 2018

Segundo um comunicado da CVR – Comissão Vitivinícola da Região de Lisboa, no presente ano foram também já abertos dez novos mercados de exportação dos vinhos da região da capital.
Comentários