Ministério da Educação desafia alunos a partilhar imagens a estudar

O repto foi lançado pela tutela para assinalar o Dia Mundial do Estudante esta terça-feira, 24 de março: tire uma foto em casa, em ambiente de estudo, e partilhe-a nas redes sociais. Num video, que pode ver no interior desta notícia, o youtuber Windoh deixa alguns conselhos aos alunos.

O Dia Nacional do Estudante, criado em 1987, assinala-se esta terça-feira em circunstâncias excepcionais: as atividades letivas presenciais estão suspensas em todas as escolas do país devido à situação de emergência causada pela covid-19. Os alunos estão em casa, com pais e professores a tentarem restabelecer algumas regras de trabalho.

Neste dia especial para todos os estudantes, o Ministério da Educação desafia os mais novos a partilharem imagens a estudar na sua sala de aula provisória.

A ideia, explica a tutela, é que, esta terça-feira, os alunos ou encarregados de educação partilhem nas suas redes sociais uma foto em casa, em ambiente de estudo, e coloquem a hashtag #EstudoEmCasa, criando um movimento nacional de motivação para que alunos, famílias, docentes, não docentes e escolas prossigam esta caminhada, num ano letivo que, inesperadamente, já tem contornos diferentes do habitual. “Esta é também uma forma de os alunos reconhecerem o trabalho dos seus professores”, assinala o Ministério de Tiago Brandão Rodrigues.

As fotografias espalhadas pelas redes sociais serão compiladas na página de instagram: https://www.instagram.com/estudoemcasa2020/.

O Dia Nacional do Estudante celebra a força do estudante na luta pelo direito à educação e pela liberdade e, em particular, a sua força na crise académica dos anos 60.

Windoh protagoniza vídeo do Ministério da Educação para o Dia Nacional do Estudante em período de #EstudoEmCasa

Não é a primeira vez que o youtuber se associa a causas relacionadas com a educação ao lado do Ministro Tiago Brandão Rodrigues. Cumprir o que a escola recomenda, manter o contacto com o diretor de turma, criar rotinas, não esquecendo a leitura ou atividade física, bem como a comunicação com os colegas, são algumas das mensagens dirigidas aos alunos.

 

 

Ler mais
Recomendadas

PremiumPedro Santa Clara abre escola digital de vanguarda

Na escola 42, não há professores, nem avaliação, mas as aulas são presenciais. Os alunos não pagam. O primeiro curso arranca em fevereiro de 2021 e as candidaturas já estão abertas. O Jornal Económico foi conhecê-la.

Ensino Superior destina 7% das vagas para emigrantes e familiares

O concurso nacional de acesso ao ensino superior, cuja primeira fase arranca a 7 de agosto, tem 3.599 vagas para emigrantes, disponibilizadas por 107 instituições em cerca de 5.000 cursos.

CDS-PP pede explicações ao Governo sobre abandono escolar: “Vai seguir as recomendações do Tribunal de Contas?”

O Tribunal de Contas diz que não é possível conhecer os reais números do abandono escolar em Portugal, devido a fragilidades no sistema de recolha de dados e de monitorização, lacunas que aconselha a resolver. A deputada Ana Rita Bessa quer ministro Brandão Rodrigues no Parlamento.
Comentários