Modelos económicos apontam para reeleição de Trump em 2020

Presidente dos EUA beneficia de uma conjugação de indicadores económicos muito favorável. Preços dos combustíveis e desemprego baixos podem chegar para compensar a falta de popularidade.

Carlos Barria/REUTERS

O economista-chefe da Moody’s Analytics, Mark Zandi, revelou ao site Politico que neste momento Donald Trump consegue reeleger-se em todos os 12 modelos económicos com que está a antecipar a corrida para as eleições presidenciais norte-americanas que terão lugar em 2020.

“Se a eleição decorresse hoje, Trump seria o vencedor segundo esses modelos, e um vencedor folgado”, afirmou Mark Zandi, que não esconde ser um crítico do atual presidente dos EUA, admitindo que “em três ou quatro modelos seria bastante renhido”.

No entender do economista-chefe da Moody’s Analytics, Trump beneficia de uma conjugação de indicadores económicos muito favorável. “Ele tem preços dos combustíveis baixos, pouco desemprego e muitas outras variáveis políticas a seu favor”, disse ao Politico.

O único ponto negativo para o republicano que derrotou Hillary Clinton em 2016 é a baixa popularidade. “Se continuar a tombar, isso pode fazer uma grande diferença”, ressalvou Mark Zandi.

Apesar de uma sondagem da CNN indicar que 71% dos inquiridos consideram que o desempenho da economia norte-americana é “muito bom” ou “razoavelmente bom”, a taxa de aprovação de Trump não ultrapassa os 42%.

Isto aumenta as esperanças dos democratas de que seja possível impedir a reeleição do presidente à revelia da boa saúde da economia. “Ele é ligeiramente favorito”, concedeu ao Politico Dan Pfeiffer, que integrou o gabinete de Barack Obama, contrapondo que “tudo o que os democratas têm de fazer é mudar cerca de 100 mil votos em três estados para vencerem”.

Ler mais
Relacionadas

Donald Trump quer Brasil como aliado na NATO

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou na terça-feira que deseja ter o Brasil como um aliado dentro da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), organização militar comum de defesa, que conta com 29 países-membros.

Antigo CEO da Starbucks avisa que Donald Trump pode vencer eleições se concorrer contra Bernie Sanders

Howard Schultz deixou o alerta durante um festival de cinema nos Estados Unidos. “A grande maioria dos americanos não vai abraçar o socialismo”, referiu.

Dezenas de democratas à procura de um lugar para defrontar Trump

Por enquanto são nove, mas até 2020 podem chegar a 40 candidatos às primárias. Entre desconhecidos e semidesconhecidos, surgem alguns velhos conhecidos que ainda não disseram nem ‘sim’ nem ‘não’.
Recomendadas

Donald Trump elogiou atuação responsável de Xi Jinping sobre protestos em Hong Kong

As manifestações, que se iniciaram há sete semanas , evoluíram da contestação à lei da extradição, que permitia o envio para a China de fugitivos ou suspeitos de crimes refugiados no território de Hong Kong, até reivindicações mais amplas sobre a melhoria dos mecanismos democráticos da cidade.

Partido do presidente de Ucrânia com vitória praticamente assegurada

Primeiro a presidência, agora o governo: o ator Volodimir Zelenski está a transformar a Ucrânia num pais totalmente novo. O novo Parlamento vai ser radicalmente diferente do que foi até aqui.

Com ou sem acordo, pouco importa. Brexit vai mesmo empurrar o Reino Unido para uma recessão, estima ‘think tank’

O Instituto Nacional de Investigação Económica e Social britânico revelou que o Brexit terá consequências nocivas para a economia britânica, independentemente de ser um Brexit duro ou um Brexit suave. Mas, o PIB britânico será 5% mais baixo no caso de um Brexit duro.
Comentários