Não sabe onde votar? Veja aqui as três formas de conhecer a sua secção de voto

Para saber a que secção de voto se deve deslocar basta ir à internet, enviar um sms ou ir até à junta de freguesia. Para votar deve levar o documento de identificação civil ou qualquer outro documento oficial que contenha uma fotografia atualizada, como o passaporte, e deve levar ainda a própria caneta.

Pedro Nunes/Reuters

O número de eleitor foi abolido e para votar, basta que indique o nome ao presidente da mesa e entregue o documento de identificação. No entanto, se tem dúvidas sobre qual a sua secção de voto e onde pode votar tem três meios fáceis para o fazer e pode obter a informação mesmo no próprio dia da eleição.

Na Internet

Basta ir a www.recenseamento.mai.gov.pt e indicar o número de identificação civil que consta no BI ou no cartão de cidadão, bem como a data de nascimento, introduzindo o código de verificação que lhe surgir no ecrã.

Através de SMS

Pode enviar um sms gratuito para o número 3838, com a mensagem “RE (espaço) número de CC/BI (espaço) data de nascimento=aaaammdd”. (Como por exemplo “RE 7424071 19820803”)

Na junta de freguesia do seu local de residência

As juntas de freguesia e as câmaras municipais afixam os editais que indicam também o número de eleitores inscritos. “Pode, também, conhecer o local de voto através da sua junta de freguesia, aberta para esse efeito no dia da eleição, para além de outras formas de acesso à referida informação disponibilizadas pela administração eleitoral”, refere a Comissão Nacional de Eleições (CNE).

Ler mais
Recomendadas

Como saber a quem pertence uma referência multibanco?

Fique a par de tudo sobre a chamada referência multibanco, utilizada para realizar pagamentos, e descubra a quem pertence uma determinada entidade.

Atestado de residência: para que serve e como obter?

Se lhe for solicitado um atestado de residência sabe como o pode obter? Descubra aqui em que casos pode ser necessário e o que fazer para adquirir.

União de facto e casamento: quais as diferenças em termos de direitos?

Ouviu dizer que hoje em dia a união de facto produz os mesmos direitos do casamento? Não é verdade. Descubra aqui todos os contornos deste regime.
Comentários