Nobel da Física Gérard Mourou esta semana em Portugal

O físico realiza duas conferências em Lisboa e uma terceira no Porto sobre o sistema de laser que inventou e lhe valeu o prémio da Academia Sueca.

O físico francês Gérard Mourou, um dos laureados do Prémio Nobel da Física 2018, está esta semana em Portugal a convite do Instituto Superior Técnico, em parceria com o Institut Français du Portugal, a École Polytechnique e o Pavilhão do Conhecimento-Ciência Viva.

O físico propõe-nos uma viagem pelo novo sistema de laser que inventou e as interações entre laser e matéria, com início esta terça-feira, 23 de abril, no Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa. A palestra pública intitulada “Passion Extreme Light” / “Paixão Extrema, Luz Extrema”  dará lugar a uma conferência para alunos do Instituto Superior Técnico, em Lisboa, na quarta-feira e a uma outra na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, na sexta-feira, 26 de abril.

Gérard Mourou recebeu o Nobel pelo seu trabalho sobre impulsos de laser muito curtos e intensos, com aplicações em cirurgias laser nos olhos, partilhando o prémio com Arthur Ashkin e Donna Strickland.

O seu palmarés inclui numerosos prémios, dos quais destacamos o Berthold Leibinger Zukunftspreis em 2016, o R. W. Wood (1995), o Willis E. Lamb (2005) e o prémio Charles Hard Townes em 2009. Em 2016 foi agraciado com a medalha Frederic Ives do Instituto de Engenheiros Eletricistas e Eletrónicos (IEEE).

Gérard Mourou é membro da Academia Nacional de Engenharia dos Estados Unidos.

Recomendadas

Amnistia Internacional: Governos devem ser responsabilizados pelas mortes de profissionais de saúde

O relatório dá ainda conta de mais de três mil trabalhadores da saúde mortos desde o começo da pandemia com Covid-19. No total, há registo de óbitos em 79 países sendo que os EUA lideram com mais de 500 mortes.

ONU: Mais de 130 milhões de pessoas no mundo poderão ficar à fome devido à pandemia

A ONU alertou que o Objetivo Fome Zero até 2030 está em risco, sendo que quase 690 milhões de pessoas passaram fome em 2019, número que pode ser agravado este ano com o impacto da pandemia.

DGS alerta para perigos da subida de temperaturas

A Diretora-Geral da Saúde, Graça Freitas, alertou esta segunda-feira para os perigos do calor que se vai fazer sentir esta semana, com um aviso especial para as crianças, idosos, grávidas e doentes crónicos, por representarem grupos mais vulneráveis.
Comentários