Novabase e Técnico reforçam parceria que abre porta do mercado de trabalho a jovens engenheiros

Protocolo assinado esta terça-feira, 29 de setembro, entre as duas entidades prevê também o apoio da tecnológica à equipa de Formula Student do IST, que este ano vai desenvolver o primeiro carro com condução autónoma.

A Novabase e o Instituto Superior Técnico (IST) assinam esta terça-feira, 29 de setembro, o protocolo que renova a parceria que as une há três anos. A parceria abrange três campos principais, o primeiro dos quais é o “reforço da ligação da tecnológica aos jovens talentos” que saem do Técnico, apoiando-os no primeiro contacto com o mercado de trabalho.

À semelhança dos anos anteriores, o protocolo assinado entre as duas entidades prevê também o apoio à equipa de Formula Student do IST, que este ano, além de construir e competir com um novo carro elétrico, vai desenvolver o seu primeiro carro com condução autónoma.

A Novabase vai atribuir duas bolsas de estudo anuais para alunos de mestrado. Adicionalmente, serão concedidos dois prémios de mérito a grupos de alunos, no âmbito da unidade curricular de Engenharia de Software.

A parceria prevê ainda o apoio no equipamento e operação de um laboratório de computadores para uso dos alunos do Técnico por parte da tecnológica.

A parceria IST-Novabase foi uma das primeiras a ser estabelecida no âmbito da Rede de Parceiros do Técnico e é, nas palavras de Pedro Amaral, vice-presidente do Instituto Superior Técnico para as Ligações Empresariais e Operações, “um excelente exemplo de promoção das relações Universidade-Indústria”. A parceria começou formalmente em 2017.

“A captação de talento jovem e qualificado continua a ser um desafio na área das tecnologias da informação. Esta parceria é muito importante para nós, não só porque reconhecemos o IST como uma das melhores universidades de tecnologia do país, mas também porque nos permite contribuir para a formação de jovens talentos ao preencher as lacunas existentes no mercado de trabalho com o melhor do talento nacional”, destaca, por seu turno, João Nuno Bento, CEO da Novabase.

Recomendadas

Quatro escolas de negócio portuguesas no top 95 das melhores da Europa (com áudio)

Nova SBE, Católica-Lisbon e Porto Business School reafirmam a sua presença no ranking europeu do Financial Times de 2021, onde volta a estar o ISCTE após um ano de ausência. A escola do Porto é a que mais cresce e a Nova a primeira das portuguesas.

Rui Nunes: “Ciência, sim, tecnologia sim, mas com rosto humano e fiscalização pelas entidades próprias”

Professor da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, Rui Nunes defende que a Humanidade não pode ficar subjugada pela ciência e pela tecnologia nem pelas grandes plataformas tecnológicas.

Nelson Ribeiro: “A ideia de que a universidade serve apenas para formar técnicos é algo que me assusta”

Para o diretor da FCH-Católica, o papel da Universidade é inquestionável: formar novas gerações capazes de pensar pela própria cabeça, de inovar e de desenvolver um espírito crítico. Formar apenas técnicos é olhar só para o presente. Sem perspetiva. “Precisamos de formar para o futuro”, diz Nelson Ribeiro, e “construir uma sociedade mais justa e mais inclusiva”.
Comentários