Operações na rede interbancária cabo-verdiana crescem há três meses

Apesar de recuperar face aos meses de junho, maio e abril, os registos de julho continuam em mínimos históricos, representando quebras de 4,7% em valor, relativamente ao total transacionado em julho de 2019, mas um aumento de 1,9% em quantidade.

As operações na rede interbancária cabo-verdiana voltaram a crescer em julho, pelo terceiro mês consecutivo, para quase 70 milhões de euros, após quebras históricas em abril devido ao confinamento provocado pela covid-19, segundo dados do banco central.

De acordo com um relatório estatístico do Banco de Cabo Verde (BCV) sobre o sistema de pagamentos do país, consultado esta sexta-feira pela Lusa, a rede interbancária cabo-verdiana, denominada vinti4 e que envolve nomeadamente Caixas Automáticas (CA/ATM) e Terminais de Pagamento Automático (TPA/POS), registou 2.764.835 operações, movimentando mais de 7.581 milhões de escudos (69,2 milhões de euros) em julho.

Trata-se de um aumento de quase 8% no valor movimentado de junho para julho e de mais de 4,5% no total de operações, também no espaço de um mês.

Apesar de recuperar face aos meses de junho, maio e sobretudo a abril – período de estado de emergência em Cabo Verde -, os registos de julho continuam em mínimos históricos, representando quebras de 4,7% em valor, relativamente ao total transacionado em julho de 2019, mas um aumento de 1,9% em quantidade.

Os dados anteriores do Banco de Cabo Verde referem que as operações processadas na rede vinti4 aumentaram 40,4%, só de abril para maio, e cresceram 47,3% em montante transacionado, comparando também com o mês anterior, que assim registou mínimos históricos nas operações, devido ao confinamento generalizado da população, seguindo-se meses de recuperação.

No mês de julho, o relatório do BCV refere que a rede vinti4 registou 586.669 levantamentos nas Caixas Automáticas, no valor de 3.232,5 milhões de escudos (29,5 milhões de euros), 39.879 carregamentos móveis, no valor de 25,9 milhões de escudos (236 mil euros) e 14.024 transferências, totalizando 392,7 milhões de escudos (3,6 milhões de euros), entre outras operações.

Os clientes da rede interbancária de Cabo Verde realizaram ainda no mês de julho 1.493.618 compras através de TPA ou ‘online’, no valor de 3.840,8 milhões de escudos (35 milhões de euros).

“O mês de julho evidencia assim, a evolução positiva na utilização dos instrumentos de pagamento, em resultado do levantamento das medidas restritivas para contenção da pandemia covid-19 e do regresso dos cabo-verdianos ao já convencionado ‘novo normal’”, lê-se no mesmo relatório estatístico, recordando o término do estado de emergência e o levantamento progressivo, desde 01 de junho, das medidas de contenção adotadas para controlar a pandemia.

Globalmente, foram processados em julho, através do sistema de compensação, 98.055 operações no valor de 16.674 milhões de escudos (152,2 milhões de euros), incluindo a rede interbancária. Apesar da subida face a junho, estes números correspondem a um acréscimo de 8% em quantidade, mas uma quebra de 11,4% em valor, relativamente ao mesmo período de 2019.

Do total de transações processadas, o subsistema de cheques contabilizou 22.197 documentos descontados, no valor de 5.682,4 milhões de escudos (51,8 milhões de euros), mas incluindo 226 devoluções no valor de 65,9 milhões de escudos (601 mil euros), enquanto o subsistema de transferências registou 75.585 operações no valor de 10.923,7 milhões de escudos (99,7 milhões de euros).

Cabo Verde regista um acumulado de 3.699 casos de covid-19 desde 19 de março, quando foi diagnosticado o primeiro doente com a doença, incluindo 38 mortes.

Ler mais
Recomendadas

Cabo Verde entre os países africanos com maior taxa de incidência da pandemia

“Os países com a maior incidência por mil habitantes são Cabo Verde, Líbia, Marrocos, Namíbia, Botsuana, África do Sul e Tunísia”, apontou John Nkengasong, diretor do África CDC.

Grupo Pestana reabre hotel em São Tomé e Príncipe

Considerado no início deste ano pela CNN como um dos 20 locais a visitar em 2020, o hotel  de cinco estrelas localizado na ilha de São Tomé conta com 115 quartos, e fica localizado na baía de Ana Chaves.

EurAfrican Forum à procura do mundo pós-Covid

A organização, de que Marcelo Rebelo de Sousa é presidente honorário, realiza o seu primeiro forum digital. O Presidente da República receberá, digitalmente, o seu homólogo do Gana, Nana Akufo-Addo.
Comentários