Ordem procura engenheiro jovem e inovador

Candidaturas à edição de 2019 do Prémio Inovação da Ordem dos Engenheiros decorrem até 27 de dezembro.

O Prémio Inovação Jovem Engenheiro 2019 (PIJE 2019) é uma iniciativa anual da Ordem dos Engenheiros e visa incentivar e dinamizar a capacidade inovadora das novas gerações.

Instituído em 1990, o prémio distingue e divulga trabalhos de jovens licenciados em Engenharia, que se destaquem pela “originalidade e carácter inovador, aplicabilidade/utilidade prática e mérito técnico-científico”.

Neste contexto, serão atribuídos prémios pecuniários ao primeiro, segundo e terceiro classificados, no valor de 10.000 euros, 5.000 euros e 2.500 euros respetivamente.

As candidaturas ao PIJE 2019 podem ser apresentadas, individualmente ou em coautoria, por todos os membros estagiários ou efetivos da Ordem dos Engenheiros, inscritos em qualquer Região (Sul, Norte, Centro, Açores e Madeira), com idade até 35 anos.

“Ciente de que a qualidade da nossa engenharia, a par da sua credibilidade, dentro e fora de Portugal, é um poderoso ativo da economia nacional, o Conselho Diretivo a que presido mantém firme a sua convição de que o engrandecimento do país está intimamente ligado ao conhecimento, ao empreendedorismo e à inovação, pelo que exorta os jovens engenheiros portugueses a participarem nesta iniciativa”, salienta Jorge Grade Mendes, presidente do Conselho Diretivo da Região Sul da Ordem.

 

Ler mais
Recomendadas

Ensino superior. Governo cria 2370 vagas para alunos do profissional e artístico

As vagas distribuem-se por 21 instituições num total de 456 licenciaturas. As provas de acesso ao regime especial agora criado realizam-se entre 21 e 24 de julho de norte a sul do país.

Ano letivo 2020/21. Aulas do curso de Direito da Católica em Lisboa vão ser mistas

A decisão está tomada para o próximo semestre que arranca em setembro. As aulas da licenciatura de Direito vão ser presenciais e à distância, devido à pandemia da Covid-19.

ISCTE vai formar executivos em Guangdong e consolida presença na China

Acordo com Kingold Training College eleva patamar da presença do ISCTE Executive Education no país asiático, que à área da gestão da saúde junta agora a formação de executivos pura.
Comentários