Ordem procura engenheiro jovem e inovador

Candidaturas à edição de 2019 do Prémio Inovação da Ordem dos Engenheiros decorrem até 27 de dezembro.

O Prémio Inovação Jovem Engenheiro 2019 (PIJE 2019) é uma iniciativa anual da Ordem dos Engenheiros e visa incentivar e dinamizar a capacidade inovadora das novas gerações.

Instituído em 1990, o prémio distingue e divulga trabalhos de jovens licenciados em Engenharia, que se destaquem pela “originalidade e carácter inovador, aplicabilidade/utilidade prática e mérito técnico-científico”.

Neste contexto, serão atribuídos prémios pecuniários ao primeiro, segundo e terceiro classificados, no valor de 10.000 euros, 5.000 euros e 2.500 euros respetivamente.

As candidaturas ao PIJE 2019 podem ser apresentadas, individualmente ou em coautoria, por todos os membros estagiários ou efetivos da Ordem dos Engenheiros, inscritos em qualquer Região (Sul, Norte, Centro, Açores e Madeira), com idade até 35 anos.

“Ciente de que a qualidade da nossa engenharia, a par da sua credibilidade, dentro e fora de Portugal, é um poderoso ativo da economia nacional, o Conselho Diretivo a que presido mantém firme a sua convição de que o engrandecimento do país está intimamente ligado ao conhecimento, ao empreendedorismo e à inovação, pelo que exorta os jovens engenheiros portugueses a participarem nesta iniciativa”, salienta Jorge Grade Mendes, presidente do Conselho Diretivo da Região Sul da Ordem.

 

Ler mais
Recomendadas

Bruxelas junta 17 universidades europeias em projeto pioneiro

A Universidade de Aveiro integra este projeto da Comissão Europeia que vai abordar desafios da sociedade contemporânea.

Antigo Provedor de Justiça dirige Faculdade de Direito da Universidade Lusófona

José de Faria Costa, professor catedrático de Direito, tem uma vida partilhada entre a academia e o exercício de funções de topo em organismos de grande relevo.

Santander lança 500 bolsas de estudo até final do ano

As Bolsas Santander Futuro, primeiras a abrir candidatura, destinam-se a estudantes de fracos recursos económicos e são 200.
Comentários