Pardal Henriques é alvo de inquérito judicial, confirma PGR

“Confirma-se a existência de um inquérito, o qual se encontra em investigação no DIAP de Lisboa”, diz a PGR numa resposta escrita à agência Lusa sobre a existência de uma investigação a Pardal Henriques.

pedro-pardal-henriques
António Pedro Santos / Lusa

A Procuradoria-geral da República (PGR) confirmou hoje que o advogado Pedro Pardal Henriques é alvo de um inquérito judicial, que se encontra em investigação no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa.

“Confirma-se a existência de um inquérito, o qual se encontra em investigação no DIAP de Lisboa”, diz a PGR numa resposta escrita à agência Lusa sobre a existência de uma investigação a Pardal Henriques.

O jornal Público noticiou hoje que o advogado está a ser investigado na sequência de uma queixa-crime por burla, apresentada por um empresário francês interessado em abrir negócios em Portugal, e que alega que Pedro Pardal Henriques lhe ficou a dever mais de 85 mil euros, depois de se ter comprometido a comprar, em seu nome, uma propriedade no centro do país.

Investigações do Ministério Público às atividades de Pedro Pardal Henriques tinham já sido noticiadas em abril pelo Diário de Notícias. O advogado, que se tornou uma figura mediática enquanto porta-voz do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas, negou que estivesse a ser alvo de inquérito judicial.

Relacionadas

“Nunca se viu isto”. Dois camionistas detidos por desobediência em Aveiras, revela líder sindical

Camionistas terão sido detidos por desobediência pela GNR e conduzidos à sede da empresa para a qual trabalham, em Aveiras.

Chega nega ter convidado Pardal Henriques para integrar listas do partido nas legislativas

Ao Jornal Económico, o presidente do Chega, André Ventura, nega ter feito qualquer convite ao advogado que representa o Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP), mas indica que o partido está “solidário com os motoristas e é contra “a humilhação imposta pelo Governo”.

Pardal Henriques: “Desafio a ANTRAM para uma reunião amanhã na DGERT”

O advogado apelou ao “bom senso” e “humildade” dos dirigentes da ANTRAM para reunir amanhã com os motoristas.
Recomendadas

Motoristas: Ministro diz que há cada vez mais condições para que greve não aconteça

O ministro do Ambiente e da Transição Energética afirmou esta sexta-feira que “há cada vez mais condições” para que a greve dos motoristas convocada para setembro não aconteça.

Boris Johnson diz que ‘backstop’ “simplesmente tem de sair” do acordo para o Brexit

O primeiro-ministro britânico disse esta quarta-feira o Reino Unido “não pode aceitar” o atual acordo de saída da União Europeia e que o mecanismo de salvaguarda para a fronteira irlandesa “tem de sair” do texto.
pedro-pardal-henriques

Motoristas avançam com greve ao trabalho suplementar no início de setembro

O sindicato dos motoristas de matérias perigosas vai entregar hoje o pré-aviso de greve ao trabalho suplementar, após não chegarem a acordo com os patrões. “O único regime em que as pessoas podem fazer trabalho suplementar sem receberem é a Coreia do Norte”, disse Pardal Henriques.
Comentários