Parlamento Europeu convida responsáveis pela Apple, Amazon, Facebook e Alphabet para audição

A União Europeia pretende redigir em breve uma legislação abrangente relativa à responsabilidade das plataformas digitais na recolhe de dados pessoais e no conteúdo que propagam. Para tal, a Comissão Europeia pretende o contributo do Parlamento Europeu, que, por sua vez, quer ouvir os diretores das maiores empresas tecnológicas do mundo.

O Parlamento Europeu enviou aos diretores executivos das maiores empresas tecnológicas do mundo, a Apple, Amazon, Facebook e Alphabet, convites para audições a realizarem-se perante os eurodeputados, noticia a Reuters. A audição realizar-se-á no dia 1 de fevereiro, caso estes executivos aceitem os convites.

Numa altura em que a União Europeia almeja a regulamentação mais apertada do espaço cibernético, sobretudo no que diz respeito a privacidade e à propagação de desinformação, os legisladores europeus gostariam de contar com os depoimentos dos responsáveis máximos pelas maiores empresas do mundo. A Comissão Europeia está a estudar a redação de uma legislação para este sector, pelo que conta com o contributo do Parlamento Europeu para este objetivo.

Fontes próximas das empresas avançaram à Reuters, no entanto, que a comparência dos administradores das mesmas em Bruxelas é improvável. Esta sexta-feira foi noticiado que o diretor executivo da Alphabet, a empresa-mãe da Google, teria para o próximo dia 25, segunda-feira, uma videochamada marcada com Margrethe Vestager, a responsável máxima pelas leis de concorrência no espaço económico europeu.

Recomendadas

PremiumExploração espacial: Todos os caminhos vão dar a Marte

O planeta vermelho está por estes dias cheio de trânsito: três missões – dos Estados Unidos, da China e dos Emirados Árabes Unidos – evoluem em paralelo, na tentativa de darem a perceber melhor as suas caraterísticas, até porque a NASA pretende trazer amostras recolhidas pela Perseverance de volta para a Terra. Entre o sonho humano de chegar sempre mais longe e a vontade política de comandar esse sonho, Marte é a próxima fronteira.

PremiumPablo Hasél: Rap para aquecer as noites frias do inverno catalão

Um rapper está preso desde o dia seguinte às eleições na Catalunha. Não será motivo suficiente para explicar o incêndio que volta a devastar Barcelona: o impasse político com Madrid mantém-se e parece mesmo ter possibilidade de aumentar. Entretanto, ainda ninguém sabe como será o próximo governo da autonomia.

Pokémon comemora 25 anos em alta com ajuda da pandemia

O vídeojogo Pokémon, uma das franquias globais mais bem sucedidas, assinala hoje 25 anos da estreia no Japão, agora reforçado pela pandemia da covid-19 que tem impulsionado o entretenimento digital.
Comentários