Partido de Evo Morales procura candidatos de consenso às presidenciais na Bolívia

O partido do ex-presidente da Bolívia Evo Morales revelou que irá procurar candidatos de consenso para as próximas eleições presidenciais e irá tomar mais tempo a consultar as bases, depois de uma reunião falhada na escolha de potenciais candidatos.

Durante o congresso do Movimento para o Socialismo (MAS), hoje em Cochabamba, no centro da Bolívia, líderes do partido anunciaram que Evo Morales será o coordenador de campanha para as eleições, convocadas depois de as eleições de 20 de outubro, nas quais Morales reivindicou vitória para um quarto mandato, terem sido anuladas. A data das novas eleições ainda não foi marcada.

No entanto, no congresso não ficou decidido quem será o candidato a figurar nos boletins de voto.

O porta-voz do partido, Gualberto Arispe, citado pela agência Associated Press, referiu que a decisão ficou adiada para a próxima reunião do partido, daqui a um mês.

Entretanto, o MAS irá consultar as suas bases, para encontrar candidatos de consenso.

A Bolívia sofre uma grave crise desde a proclamação de Evo Morales como Presidente para um quarto mandato consecutivo nas eleições de 20 de outubro, uma vez que a oposição e os movimentos da sociedade civil alegam que houve fraude eleitoral.

Evo Morales renunciou ao cargo no dia 10 de novembro, após quase 14 anos no poder, numa declaração transmitida pela televisão do país.

Morales demitiu-se depois de os chefes das Forças Armadas e da polícia da Bolívia terem exigido que abandonasse o cargo para que a estabilidade e a paz possam regressar ao país.

Ler mais
Recomendadas

Presidente de Cabo Verde declara Estado de Emergência pela primeira vez no país

Jorge Carlos Fonseca justificou a medida como o objetivo de defender interesses e valores fundamentais do país e da comunidade e para dar meios legítimos às autoridades para um combate mais eficaz à pandemia.

Joseph E. Lowery morre aos 98 anos

O reverendo, um veterano líder dos direitos civis que lutou contra a discriminação racial e ajudou Martin Luther King a fundar a Conferência de Liderança Cristã do Sul, morreu esta sexta-feira em casa, em Atlanta.

Casos de coronavírus em Espanha sobem para 72.248

O número diário de vítimas mortais atingiu um novo recorde: 832 só nas últimas 24 horas. O acordo que estende o Estado de Emergência em Espanha foi publicado este sábado em boletim oficial, depois de o Congresso dos Deputados ter autorizado mais 15 dias para auxiliar na gestão da crise.
Comentários