PCP apela a definição de reservas agrícolas na Madeira

O PS e o BE alertaram para a necessidade de se ter em conta as especificidades na delimitação das áreas agrícolas na Madeira enquanto que o CDS-PP referiu que é necessário modernizar o sector na Região.

O PCP defendeu ser necessário definir reservas agrícolas na Madeira referindo que a Região é a única no país que não tem uma reserva delimitada para a prática exclusivamente virada para a agricultura.

Os comunistas referiram durante a sessão plenária que decorre na Assembleia Regional que a governação regional e municipal têm de fazer um esforço para “dinamizar e proteger” a agricultura da Madeira.

“Tem que haver grande entendimento entre Plano Director Municipal (PDM) e o Plano de Ordenamento do Território para definir áreas exclusivamente para a agricultura”, explicou Sílvia Vasconcelos, deputado do PCP.

O PS alertou para a necessidade de se ter em conta as especificidades da Madeira, nesta questão sobre as reservas agrícolas, acrescentando que o Governo Regional e as autarquias “nunca chegaram” a consenso sobre esta matéria.

“É uma evidência que cada vez mais as áreas urbanas vão crescendo para as periferias dos centos urbanos, o que faz com que a pressão sobre os terrenos rústicos seja cada vez maior. É preciso acautelar uma área relativamente reduzida para a agricultura e que tende a ser menor”, defendeu Roberto Rodrigues, deputado do CDS-PP.

O centrista referiu que apesar do investimento feito nos caminhos agrícolas existe cada vez mais uma área agricultável menor, sublinhando que a actividade agricultura “não é rentável” por também “não se querer” a modernização do sector.

“O problema da nossa agricultura passa por criar instrumentos e começando pelo planeamento de reserva agrícola que não pode ser feita ao sabor de quem quer comprar para urbanizar”, alertou o deputado do CDS-PP.

Durante a discussão na Assembleia Regional o deputado do BE, Rodrigo Trancoso, defendeu que se temos “especificidades próprias” na Madeira as delimitação das reservas agrícolas têm de dar resposta a estas especificidades.

O PSD disse que sempre teve preocupação com o ordenamento do território elencando uma série de planos de pormenor em vários locais da Madeira. “Este está lá e é cumprido”, afirmou Gualberto Fernandes, deputado do PSD.

A Assembleia Legislativa da Madeira discutiu um projecto de Decreto Legislativo Regional, do PCP, relativamente à criação da reserva agrícola regional.

Ler mais
Relacionadas

Cultura da Anoneira vai ter Caderno de Campo na Madeira

A diretiva estabelece que as autoridades competentes devem tomar todas as medidas necessárias para promover a proteção fotossanitária de baixa utilização de pesticidas. O objetivo é dar prioridade sempre a métodos não químicos, a fim de que todos os utilizadores profissionais adotem práticas e produtos com menor risco para a saúde humana e para o ambiente.

Água reciclada ganha mais volume na agricultura

Segundo os especialistas, o regulamento agora aprovado pelo Parlamento Europeu deverá aumentar a utilização de água reciclada. Portugal deve apostar na eficiência e redução de perdas.

Limpar florestas vai dar descontos nos impostos

“Estamos a dar um passo mais, criando um estímulo adicional para o setor das florestas e contribuindo para o seu crescimento e desenvolvimento”, disse o ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, ao “Jornal de Negócios”.
Recomendadas

Madeira: PSD destaca políticas para a juventude e desporto no Orçamento Regional. CDS ataca Cafôfo

Em causa estavam as declarações de Cafôfo a desmentir o que tinha sido dito na passada segunda-feira por António Lopes da Fonseca, de que Cafôfo tinha ligado para o centrista na noite eleitoral de 22 de setembro, bem como a outros elementos do  partido, a porpor um governo com o CDS, constituído por 15 secretarias, em que quatro seriam para o CDS.

“Falta plano estratégico para a Educação na Região”, acusa PS-Madeira

“Estava à espera que houvesse a ideia de repensar a estruturação do primeiro ciclo, já está no momento de repensarmos toda a estratégia da escola a tempo inteiro”, assinalou o deputado socialista, acrescentando que o deporto escolar teve um modelo sempre igual e que nada se está a mudar, ao mesmo tempo que acusa o Governo Regional de não ter ainda uma estratégia regional para o modelo profissionalizante.

Madeira: JPP critica forma como estão a ser concedidos tablets aos alunos

Paulo Alves afirmou que os alunos conseguem aceder a jogos e a outros sites, perturbando  o normal funcionamento das aulas.
Comentários