Pedro Cabrita Reis celebra 20 anos em Serralves com estrutura que usa materiais Sonae Arauco

A Sonae Arauco patrocina a exposição de Pedro Cabrita Reis, através da oferta de placas de MDF Hidrófugo, que foram utilizadas e transformadas pelo artista numa estrutura agora exposta até 22 de março de 2020.

Pedro Cabrita Reis regressa a Serralves, exatamente vinte anos depois da primeira exposição do artista, em 1999,  com uma exposição intitulada “A Roving Gaze (Um olhar inquieto) que conta com uma obra especial produzida através de materiais da Sonae Arauco.

“Gosto muito de paisagem, dos seus elementos orgânicos e naturais, de absorver da natureza a inspiração que preciso para os meus trabalhos. O apoio da Sonae Arauco foi essencial para a construção desta estrutura”, diz Pedro Cabrita Reis em comunicado.

A Sonae Arauco patrocina a exposição de Pedro Cabrita Reis, através da oferta de placas de MDF Hidrófugo, que foram utilizadas e transformadas pelo artista numa estrutura agora exposta até 22 de março de 2020.

“Para a Sonae Arauco, esta colaboração espelha o compromisso da empresa com a valorização dos derivados de madeira como matéria-prima de eleição. O nosso dia-a-dia é dedicado ao desenvolvimento de soluções que contribuem para uma vida e um planeta melhores e é um prazer vermos que a capacidade de adaptação dos produtos permite que agora estejam expostos neste museu”, afirma Michelle Quintão, Diretora de Marketing da Sonae Arauco.

Para além desta peça, a Roving Gaze (Um olhar inquieto) dá a possibilidade de ver inúmeras estruturas concebidas pelo artista, fotografias de obras de sua autoria desde 1999 até à data, em conjunto com uma série de objetos, desenhos, documentos e outros trabalhos, construindo um ambiente de instalação total onde se cruzam a vida e a obra do artista.

“A exposição traduz exemplarmente a relação entre a prática artística de Cabrita Reis e a sua reflexão sobre a função dos museus através da criação de uma única obra de grande escala e forte pendor autobiográfico que percorrerá todo o espaço da exposição sem qualquer preocupação de ordem cronológica”.

A Roving Gaze (Um olhar inquieto) estará em exposição no Museu de Arte Contemporânea de Serralves até 22 de março de 2020.

Ler mais
Recomendadas

Financiamento da Comissão Europeia: das luvas eletrónicas aos estúdios de Hollywood

A Comissão Europeia anunciou no final do mês de junho a atribuição de 149 milhões de euros para financiar 83 PME e empresas em fase de arranque. Entre estas, contam-se várias empresas portuguesas.

“O Amigo do Deserto”

Sacerdote, teólogo, crítico literário e fundador do seminário espiritual Buscadores de la Montaña, Pablo d’Ors dá-nos a conhecer nesta obra um homem dedicado aos desertos, que neles busca o absoluto e o silêncio. Eis a sugestão de leitura desta semana da livraria Palavra de Viajante.

Trufa branca: ritual repete-se em Lisboa até dia sete com o ‘chef’ Tanka Sapkota

O ‘chef’ de origem nepalesa Tanka Sapkota, especializado em gastronomia italiana, já há doze anos que proporciona um menu de trufa branca de Alba, no Piemonte, norte de Itália, no restaurante ‘Come Prima’, em plena Lisboa.
Comentários