Pedro Gouveia Alves candidato à liderança da Associação Mutualista Montepio

As eleições para os Órgãos Associativos do Montepio Geral – Associação Mutualista deverão ter lugar na primeira quinzena de dezembro.

pedro_gouveia_alves_montepio_30_3
Cristina Bernardo

Pedro Gouveia Alves é candidato a presidente do conselho de administração da Associação Mutualista Montepio. O presidente do Montepio Crédito é candidato pela “Lista dos Quadros”, segundo comunicado divulgado pela segunda-feira, 13 de setembro.

Esta lista “encontra-se em formação para as eleições dos Órgãos Associativos do Montepio Geral – Associação Mutualista – Quadriénio 2022-2025”, seguindo os “trâmites regulamentares”.

Esta alteração na lista “surge após a solicitação de desvinculação por parte do candidato e cabeça de lista João Vicente Ribeiro que, “por razões supervenientes de ordem pessoal”, ficou indisponível para participar nas referidas eleições”, explica a nota.

As eleições para os Órgãos Associativos do Montepio Geral – Associação Mutualista “realizam-se previsivelmente na primeira quinzena de dezembro deste ano”.

Recomendadas

Liberty lança canal de venda direta de seguros automóvel em Portugal (com áudio)

A Génesis by Liberty Seguros é a marca de seguro direto criada para o ramo automóvel, cerca de um ano depois de ter anunciado um investimento de 100 milhões de euros em tecnologia para operar o seu negócio na cloud pública.

Ricciardi admite criar banco para “regenerar o nome da família Espírito Santo” (com áudio)

“A família Espírito Santo era conhecida em todo o lado, o melhor nome da banca portuguesa foi destruído. Se conseguir começar a fazer a sua regeneração, para que as gerações seguintes o desenvolvam, partirei desta vida com a consciência tranquila de que fiz tudo o que podia”, disse Ricciardi ao “Público”.

Medidas de apoio ao capital dos bancos na pandemia geraram 63 milhões de crédito

Um estudo do Parlamento Europeu, com base em dados recolhidos de 27 grupos bancários em dez Estados-membros da UE, mostra que as medidas temporárias de reforço do capital da banca na pandemia gerou 63 mil milhões de euros de crédito adicional.
Comentários