Petrolíferas vão entregar sete milhões de barris diários ao mercado durante a próxima década

Novas pesquisas realizadas pelo jornal britânico prevêem que a Shell e a ExxonMobil estarão entre os líderes do mundo petrolífero com uma projeção de aumento de produção em mais de 35% entre 2018 e 2030, sendo este o aumento mais acentuado dos últimos 12 anos.

Numa altura em que o mundo fala em soluções ambientais e no Novo Pacto Verde, as 50 maiores companhias petrolíferas vão inundar o mercado com sete milhões de barris de petróleo por dia, durante a próxima década. A notícia divulgada pelo ‘The Guardian’ garante que os cientistas já avisaram que esta ação vai fazer com que o planeta aqueça em direção a níveis catastróficos.

Novas pesquisas realizadas pelo jornal britânico prevêem que a Shell e a ExxonMobil estarão entre os líderes do mundo petrolífero com uma projeção de aumento de produção em mais de 35% entre 2018 e 2030, sendo este o aumento mais acentuado dos últimos 12 anos.

Este lançamento de sete milhões de barris por dia significa uma contradição do que tem sido defendido nos últimos tempos por diversos governos mundiais. Até ao ano de 2030 têm de ser reduzidas 45% das emissões de carbono, de forma a ser possível manter o aquecimento global abaixo de 1,5º Celsius.

Sabe-se que existem novos projetos de perfuração de petróleo em curso ou a ser planos em diversos pontos do planeta. O noroeste da Argentina é um dos visados, à semelhança da costa de Guiana, no campo de Kashagan, localizado no Cazaquistão, na península de Yamal, na Sibéria, e no mar de Barents.

Recomendadas

Autoeuropa investe 103 milhões na modernização da fábrica de Palmela em 2020

“Investir na fábrica é investir nas nossas pessoas, na nossa região e no nosso país. Com a nova linha de corte nas prensas e a automatização do armazém de logística interna aceleramos o futuro”, refere a empresa do grupo Volkswagen.

Observatório de turismo do Algarve vai integrar rede mundial da OMT

O reconhecimento do observatório regional pela OMT acontecerá dia 23, na próxima quinta-feira, durante a FITUR, a feira de turismo de Madrid à qual o Algarve regressa este ano e onde se promoverá de 22 a 26 de janeiro.

Banco de Portugal adopta ‘energia verde’ nos seus edifícios

“A transição para a nova forma de consumo de energia deverá estar concluída ainda durante o primeiro trimestre deste ano. Com esta medida, o Banco tem como objetivo reduzir a sua pegada de carbono”, explica a instituição
Comentários