Portal da Queixa diz que número de reclamações das compras online aumentou 144%

Desde o início do ano e até ao dia 20 de abril foram registadas 2.335 queixas relacionadas com o comércio eletrónico.

O começo do ano ficou marcado por um aumento nas reclamações relacionadas com o comércio eletrónico, revelou esta quarta-feira o Portal da Queixa.

Segundo o Portal da Queixa, “desde o início do ano e até ao dia 20 de abril, a maior rede social de consumidores do país recebeu 5.688 reclamações relacionadas com o comércio eletrónico. Um crescimento de 144%, comparativamente com o período homólogo de 2020, onde foram registadas 2.335 queixas”.

O Comércio de Tecnologia (56%) e Moda (38%) foram os dois setores que receberam mais reclamações pela demora na entrega das encomendas, a falta de apoio ao cliente, rutura de stock e artigos com defeito.

O crescimento de 144% do volume de reclamações traduz uma média superior a 50 reclamações, por dia na plataforma, relacionadas com o Comércio Eletrónico.

Quanto à variação de reclamações, o Portal da Queixa concluiu que o mês de fevereiro foi aquele que registou um crescimento exponencial de mais de 343% em 2021 (1.958 queixas), face ao período homologo de 2020 (442 queixas).

As queixas começaram a diminuir em março e abril regista um decréscimo resultado da fase de pós-saldos e a reabertura gradual do comércio. No mês de abril foram registadas 608 reclamações uma redução de 13% em comparação com o ano passado.

O Portal da Queixa recorda ainda que “em 2020 foram registadas no Portal da Queixa um total de 14.698 reclamações, um aumento de 129% face às 6.430 reclamações registadas em 2019”.

Ler mais
Relacionadas

ASAE instaura 132 processos contraordenacionais relativos a vendas ‘online’ com redução de preços

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) instaurou no primeiro trimestre 132 processos contraordenacionais relativos a vendas ‘online’ com reduções de preços, anunciou hoje a entidade.
Recomendadas

Países da União Europeia concordam em permitir entrada de turistas israelitas

A reabertura para turistas israelenses acontece num momento em que a UE está a tentar amenizar as restrições em torno de viagens não essenciais de países estrangeiros.

O que são e para que servem as garantias associadas aos créditos?

Na contratação do crédito à habitação, para reforço da hipoteca, a instituição de crédito pode exigir a contratação de um seguro de vida pelo cliente e pelo seu cônjuge que cubra o montante do empréstimo contratado.

Dia Mundial da Palavra-Passe. Saiba como melhorar a segurança online

Utilizar diferentes ‘passwords’ para diferentes plataformas é uma das principais dicas para se manter seguro, mas existem mais duas que poderão impedir piratas informáticas de aceder aos seus dados pessoais.
Comentários