Porto Bay faz doação de dois terrenos para faixa corta-fogo da Madeira

A faixa corta-fogo pretende “criar uma zona de baixa combustibilidade”, de modo a que o fogo se “extinga ou diminua de intensidade” facilitando o seu combate e protegendo a população em caso de incêndio.

O Porto Bay fez uma doação dois terrenos, que estavam na área destinada à construção de uma faixa corta-fogo na Madeira, em benefício do Instituto de Florestas e Conservação da Natureza (IFCN).

O objectivo da faixa corta-fogo, que está a ser implementada na Madeira, passa por “criar uma zona de baixa combustibilidade”, de modo a que o fogo se “extinga ou diminua de intensidade” facilitando o seu combate e protegendo a população em caso de incêndio.

Esta faixa corta-fogo fica situada ao longo do Caminho dos Pretos, entre o Terreiro da Luta e o Palheiro Ferreiro.

A escritura que vai efetivar esta doação de terrenos do Porto Bay é realizada esta terça-feira.

Recomendadas

Madeira mantém dois casos ativos e alerta para “desconfinamento inseguro” no país

Pedro Ramos destacou a operação de rastreio de viajantes nos aeroportos da Madeira e Porto Santo, em vigor desde o dia 01 de julho, na sequência de uma resolução do executivo, de coligação PSD/CDS-PP, que substituiu o regime de quarentena pela obrigatoriedade de os passageiros apresentarem um teste negativo realizado até 72 horas antes do início da viagem, ou, então, a efetuá-lo à chegada.

Hospital dos Marmeleiros beneficia de empreitada de reabilitação de interiores

A obra tem um custo de 1,4 milhões de euros, tem um prazo de 20 meses, e está a cargo da RIM – Engenharia e Construções.

CDS-PP quer isenção de rendas no comércio do Funchal até setembro

Os centristas consideram fundamental que o executivo camarário do Funchal tome medidas que ajudem a desenvolver o comércio local e a retoma da atividade económica.
Comentários