Porto recebe mais de 500 especialistas mundiais em informática

Portugal foi o país escolhido para receber aquela que é a terceira edição do “Congresso Mundial dos Métodos Formais”, que se realiza esta segunda-feira, dia 7 de outubro, às 18h00.

Portugal foi o país escolhido para receber aquela que é a terceira edição do “Congresso Mundial dos Métodos Formais”. O Porto é a cidade que vai acolher durante cinco dias mais de 500 especialistas na área da informática de 40 nacionalidades diferentes. O congresso tem início esta segunda-feira, dia 7 de outubro, às 18h00.

José Nuno Oliveira, presidente do comité organizador e investigador do INESC TEC, explica que os métodos formais “são técnicas de programação que atingem elevados níveis de qualidade e fiabilidade através do recurso ao tratamento matemático dos problemas que podem ser abordados por software”.

“Todos os sistemas militares, de segurança, de energia, de saúde, de ensino, os back offices e sistemas operacionais das empresas dependem de software sofisticado que se desenvolve continuamente para que possam operar e servir-nos. Em problemas de segurança crítica, os erros de programação podem ter consequências devastadoras. É aqui que os métodos formais se tornam ferramentas muito importantes” – José Nuno Oliveira

Vão decorrer mais de 30 sessões em simultâneo durante os dias do congresso em três locais da cidade do Porto – edifício da Alfândega, Museu World of Discoveries e Hotel Vincci – divididas entre nove conferências, 16 workshops, sete  tutoriais e outros eventos, tais como o dia da Indústria e o simpósio doutoral.

Serão vários os oradores convidados de renome, com destaque para a sessão do dia 8 de outubro, às 09h00, no edifício da Alfândega do Porto, em que o investigador britânico Tony Hoare dará uma palestra a convite de várias das conferências associadas ao congresso. Da parte da indústria tecnológica é de destacar a presença de instituições de renome, tais como Apple, Airbus, Booking.com, ESA, Fraunhofer, Microsoft, MathWorks, NASA, Samsung, VERIMAG, entre outras.

PCGuia
Ler mais
Recomendadas

Vietname contorna Huawei ao desenvolver tecnologia própria para o 5G

A empresa estatal Viettel, que é operada pelo Ministério da Defesa do Vietname, vai começar a instalar a próxima geração de rede móvel a partir de junho e concluirá a implementação em todo o país no período de um ano.

5G é ponto de viragem para o setor e para a economia nacional

Regulador vê uma oportunidade para abrir o mercado em benefício do consumidor. 5G só estará ao alcance dos operadores no segundo semestre, mas ofertas comerciais só deverão chegar dentro de dois anos.

Alberto Souto de Miranda: “O desejo é que Portugal tenha duas cidades 5G já em 2020”

O desenvolvimento e implementação da quinta geração da rede móvel (5G) no país é um tema que está a ser seguido de perto pelo Governo, com a tutela a não intervir nas decisões da Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom). Depois de ter pressionado publicamente o regulador das comunicações, em setembro de 2019, o secretário de […]
Comentários