PremiumPortugal atinge recorde de 24 milhões de turistas em 2019

Presidente do Turismo de Portugal acredita que o crescimento verificado no final do primeiro semestre se irá manter na segunda metade do ano.

Cristina Bernardo

Muitas têm sido as profecias da desgraça sobre o futuro do turismo em Portugal e da alegada quebra do setor na contribuição significativa que tem tido nos últimos anos para a recuperação da economia nacional. Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal, em entrevista ao Jornal Económico, é de opinião contrária e revela que até ao final do primeiro semestre o setor cresceu 6% em número de turistas e 7% em receitas face ao período homólogo. Mais: acredita que é possível manter este ritmo de crescimento até ao final deste ano, mesmo admitindo que estamos a entrar numa fase de abrandamento, uma vez que não é possível repetir o acréscimo de receitas acumulado de 45% verificado em Portugal nos últimos três anos.

Se se confirmarem as previsões de Luís Araújo, Portugal irá superar a barreira dos 24 milhões de turistas no final do presente ano, uma vez que em 2018, segundo as estatísticas recentemente divulgadas pelo INE – Instituto Nacional de Estatística recebeu um total de 22,8 milhões de turistas, o que o colocou no 17º lugar no ranking dos países com maior número de turistas a nível mundial, de acordo com a OMT – Organização Mundial de Turismo.

Artigo publicado na edição semanal de 30 de agosto de 2019, do Jornal Económico. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor.

Recomendadas

Centeno mantém núcleo de confiança nas Finanças

Ministério das Finanças mantém secretários de Estado, à excepção de Maria de Fátima Fonseca que transita para a Modernização do Estado e da Administração Pública. Mourinho Félix mantém-se ‘número dois’.

Financiamento das administrações públicas cai para 329 milhões de euros até agosto

Emissão de títulos foi de 2,4 mil milhões, permitindo compensar o financiamento através de empréstimos líquidos de depósitos de -2,1 mil milhões, segundo dados do Banco de Portugal.

Preço da carne de porco a caminho da maior subida em 15 anos

A China, o maior consumidor mundial de carne de porco, já perdeu 40% dos seus animais devido à peste suína africana. Isto levou a China a importar mais carne de porco, provocando um disparo dos preços no mercado mundial.
Comentários