Portugal lança seguro de viagem para turistas estrangeiros

Segundo o Turismo de Portugal, os visitantes que residem no estrangeiro e que estão a planear as suas férias em Portugal podem agora subscrever o ‘Portugal Travel Insurance’, um seguro de viagem adaptado à nova realidade pandémica provocada pela Covid-19.

O Turismo de Portugal acaba de lançar um seguro de viagem para turistas estrangeiros, designado ‘Portugal Travel Insurance’.

“Os visitantes que residem no estrangeiro e que estão a planear as suas férias em Portugal podem agora subscrever o ‘Portugal Travel Insurance’, um seguro de viagem adaptado à nova realidade pandémica provocada pela Covid-19. A iniciativa é promovida pela RNA Seguros de Assistência, e está disponível em portugaltravelinsurance.com”, adianta um comunicado do Turismo de Portugal.

De acordo com esse documento, “a cobertura estende-se a todo o território nacional e abrange, entre outras, despesas médicas, cirúrgicas, farmacêuticas e hospitalares associadas à Covid-19, assim como despesas de cancelamento, interrupção ou extensão da viagem, também pela mesma pandemia”.

“O objetivo é garantir, a todos os que visitam Portugal, que podem viajar pelo país, seguros e com confiança”, assegura o Turismo de Portugal, adiantando que esta é mais uma iniciativa que o Turismo de Portugal “está a divulgar junto dos mercados internacionais para reforçar a segurança do destino, que vem somar-se à criação do Selo ‘Clean & Safe’ e à renovação do ‘Portugal Health Passport’, que passa agora a abranger testes Covid-19 e a estar disponível a todos quantos visitam o nosso país”.

“Os turistas que planeiem vir a Portugal poderão inscrever-se gratuitamente no ‘Health Passport’ através do ‘site’ PortugalHealthPassport, o que lhes garante a possibilidade de realização do teste à Covid-19 e o acesso, a preços previamente fixados, a cuidados de saúde urgentes de elevada qualidade ou a ‘check-ups’ de cinco tipologias diferentes, na rede de hospitais e clínicas da CUF, Hospital da Luz, HPA Saúde e Lusíadas, em todo o território nacional”, assinala o comunicado em questão.

Segundo so responsáveis do Turismo de Portugal, “desde a criação do Selo ‘Clean & Safe’, em abril, são já mais de 21 mil os aderentes”.

“A iniciativa, ao reconhecer o cumprimento das recomendações da Direção-Geral da Saúde e os procedimentos seguros para o funcionamento das atividades turísticas, foca-se na confiança necessária para a retoma, do lado da procura, mas também da oferta, abrangendo toda a cadeia de valor do turismo. A plataforma ‘Clean & Safe’ (portugalcleanandsafe.com) tem despertado também grande adesão e, à medida que as empresas retomam a sua atividade, o número de interações sobre o grau de confiança relativamente ao cumprimento das medidas de higienização e limpeza tem crescido”, garante o Turismo de Portugal.

Para o Turismo de Portugal, “através de iniciativas e projetos deste cariz, Portugal consolida o seu posicionamento enquanto destino seguro que garante todas a condições sanitárias essenciais para a fruição das experiências turísticas únicas que oferece”.

“Complementarmente, de forma a projetar o país e incentivar a retoma da atividade turística, as equipas de turismo do Turismo de Portugal, presentes em 24 mercados estratégicos, têm intensificado o trabalho também junto das companhias aéreas, operadores turísticos, imprensa e consumidor final. As ações desenvolvidas posicionam Portugal como destino turístico de excelência, uma das metas da ‘Estratégia Turismo 2027′”, conclui o comunicado em questão.

Ler mais
Recomendadas

Governo prepara novas linhas de financiamento às exportações

O secretário de Estado da Economia, João Correia Neves, que está em Milão na maior feira de calçado do mundo, vai colocar verbas do Portugal 2020 à disposição das empresas para a promoção da presença digital nos mercados internacionais.

Liberty cria ecossistema na ‘cloud’ pública

Construir um seguro à medida de cada um e uma oferta personalizável é o objetivo da Liberty Seguros com um novo ecossistema, afirma Alexandre Ramos, da área tecnológica da companhia.

Juíza trava proibição da WeChat nos Estados Unidos

Depois da chinesa Tik Tok, agora é a vez da aplicação de mensagens ver o bloqueio ser impedido, neste caso, pela justiça norte-americana.
Comentários