Portugal mandata bancos para venda sindicada de dívida com prazo em 2035

A operação, cujo lançamento e preço devem ser anunciados em breve, tem como ‘joint lead managers’ o CaixaBI, o Credit Agricole CIB, o Deutsche Bank, o Goldman Sachs International Bank, o J.P. Morgan, e o Nomura, segundo a “Bloomberg”.

O IGCP – Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública – mandatou esta terça-feira seis bancos para organizar uma venda de sindicada de Obrigações do Tesouro com maturidade de 15 anos, ou seja a 12 de outubro de 2035, noticiou a agência “Bloomberg”, citando fontes com conhecimento da operação.

A operação, cujo lançamento e preço devem ser anunciados em breve, tem como joint lead managers o CaixaBI, o Credit Agricole CIB, o Deutsche Bank, o Goldman Sachs International Bank, o J.P. Morgan, e o Nomura.

A 19 de junho, o IGCP informou que, na sequência da apresentação do Orçamento Suplementar por parte do Governo, quase duplicou as necessidades de financiamento para 2020. No documento com os novos valores do programa para o terceiro trimestre, o IGCP detalhou que o valor subiu para 20,3 mil milhões de euros este ano, um valor superior aos 10,7 mil milhões de euros projetados anteriormente.

Já em OT serão emitidos 29,3 mil milhões de euros – ou seja, mais 14 mil milhões de euros – e mais mil milhões de euros em Obrigações do Tesouro de Rendimento Variável (OTRV), as obrigações para o retalho.

Esta será a terceira venda sindicada deste ano, após a colocação de quatro mil milhões de euro a 10 anos em janeiro, e  de cinco mil milhões de euros em dívida a sete anos a 2 de abril.

A última vez  que o IGCP vendeu dívida com maturidade semelhante a 15 anos foi num leilão a 12 de fevereiro, quando emitiu 663 milhões de euros em OT com prazo em 2034, tendo pago uma taxa de colocação de 0,555%.

O último leilão ocorreu a 10 de junho, com o IGCP a vender 920 milhões de euros com prazo em outubro de 2030, a uma taxa de 0,595%. No mercado secundário, a taxa dessa dívida benchmark portuguesa negoceia esta terça-feira nos 0,47%.

[Atualizada às 14h38]

Ler mais

Relacionadas

Orçamento Suplementar: IGCP quase duplica necessidade de financiamento

Em Obrigações do Tesouro (OT) serão emitidos 29,3 mil milhões de euros, ou seja, mais 14 mil milhões de euros, segundo a Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública.
Recomendadas

Wall Street fecha em baixa perante preocupações com a propagação do vírus

A Novavax foi um dos títulos que sobressaiu nas negociações de hoje. A empresa de biotecnologia encerrou com um disparo de 31,61%, depois de ter assinado com contrato de cerca de 1,4 mil milhões de euros com o governo para desenvolver uma vacina contra o novo coronavírus.

EDPs brilham e põem Bolsa de Lisboa no verde em contraciclo com Europa

Os Presidentes das EDP e EDP Renováveis, António Mexia, e João Manso Neto, foram notificados sobre a aplicação da medida de coação de suspensão do exercício de funções na gestão ou administração em empresas do Grupo EDP, mantendo-se o processo em fase de inquérito. PSI fecha em alta numa Europa em queda generalizada.

“Mercados em Ação”: Assista ao programa desta semana

Acompanhe o “Mercados em Ação” no site e nas redes sociais do Jornal Económico. E reveja-o através da plataforma multimédia JE TV.
Comentários