Preços na produção industrial diminuíram 1,1% em agosto

Nas diferentes secções, o principal contributo foi proveniente da ‘eletricidade, gás, vapor, água quente e fria e ar frio’, com -0,9 pontos percentuais.

A taxa de variação homóloga do índice de preços na produção industrial situou-se em -1,1%, no mês de agosto, representando um aumento em comparação com os -0,4% registados em julho, revela o Instituto Nacional de Estatística (INE), esta quarta-feira, 18 de setembro.

O agrupamento de ‘energia’ contribuiu com -1,0 pontos percentuais, sendo que excluindo esse agrupamento, os preços na produção industrial mantiveram a diminuição observada no mês passado. Por sua vez, a variação mensal de agosto fixou-se em -0,5%, tendo sido de 0,2% em período homólogo referente a 2018.

Nas diferentes secções, o principal contributo foi proveniente da ‘eletricidade, gás, vapor, água quente e fria e ar frio’, com -0,9 pontos percentuais. Este valor originou assim um variação de -10,5% no mês de agosto, tendo sido de -6,8% em julho.

As indústrias transformadores registaram uma variação homóloga de -0,2%, tendo-se verificado 0,2% no mês anterior, resultando um contributo negativo de -0,2 pontos percentuais para a variação total.

Os preços na produção industrial apresentaram uma variação mensal de -0,5% em agosto, em comparação com os 0,2% observados no período homólogo. O agrupamento com maior contributo para a variação mensal do índice total foi o de ‘energia’, com -0,4 p.p., originado pela taxa de variação de -1,9%, sendo que em agosto do ano passado se fixou em 1,0%.

Recomendadas

Bruxelas diz que exclusão de viajantes europeus na União Europeia é inaceitável

“Se isto estiver a acontecer, teremos de analisar o que poderá ser feito. São claras situações discriminatórias que, por princípio, não são aceitáveis”, declarou em entrevista à agência Lusa, em Bruxelas, o comissário europeu dos Direitos Sociais, Nicolas Schmit.

Comissão Europeia “otimista” sobre rápida retoma económica em Portugal

A Comissão Europeia diz estar “razoavelmente otimista” sobre uma “rápida recuperação” económica de Portugal após a crise gerada pela covid-19 e considera que a forma como o país “controlou” a pandemia beneficiará a retoma do turismo este verão.

Governo aprova hoje o Programa de Estabilização. Apoio ao lay-off será em função da diminuição da faturação

Depois de ouvir os partidos políticos e os parceiros sociais, o primeiro-ministro, António Costa, adiantou que o Governo teria intenção de aprovar esta semana o documento e os titulares de algumas pastas já deram pistas sobre o que aí vem. Alterações ao regime de lay-off simplificado e das moratórias e medidas para apoio ao investimento deverão estar entre as medidas.
Comentários