Presidente da Republica convida homólogo ucraniano a visitar Portugal no primeiro trimestre do ano

De acordo com uma nota divulgada na página da Presidência da República na Internet, os presidentes português e ucraniano conversaram durante uma hora.

Cristina Bernardo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, convidou o homólogo da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, para visitar Portugal durante o primeiro trimestre do ano, período correspondente à presidência portuguesa da União Europeia (UE).

De acordo com uma nota divulgada na página da Presidência da República na Internet, os presidentes português e ucraniano conversaram durante uma hora.

Durante a conversa, Volodymyr Zelensky “renovou o convite ao seu homólogo português para uma visita oficial à Ucrânia”, ao qual Marcelo Rebelo de Sousa respondeu com um convite “para visitar Portugal durante a presidência portuguesa da UE no primeiro semestre de 2021”.

O Presidência da Ucrânia “felicitou o seu colega pelo início da presidência portuguesa do Conselho da União Europeia” e sublinhou que Kiev “conta com a colaboração e apoio da Presidência portuguesa na implementação dos acordos da 22.ª Cimeira Ucrânia – UE”.

Entre os vários assuntos debatidos, os líderes de Portugal e da Ucrânia conversaram sobre “a intensificação da cooperação comercial e económica” entre os dois países, assim como “a continuação do diálogo no mais alto nível”.

“Estou otimista com o aumento do volume de negócios comerciais dos nossos países”, considerou o chefe de Estado ucraniano, segundo o mesmo comunicado.

“Os interlocutores concordaram em realizar uma Terceira reunião da Comissão Intergovernamental de Cooperação Económica o mais rápido possível”, acrescenta a nota.

A pandemia não ficou de fora da conversa e o Presidente ucraniano “levantou a questão da distribuição solidária da vacina certificada e a possibilidade de obtê-la na Ucrânia num futuro próximo”.

O comunicado dá ainda conta de que Marcelo Rebelo de Sousa “lembrou que a Ucrânia e Portugal fazem parte da Europa” e, por isso, “apoia as aspirações de integração europeia” daquele país de leste.

A integração da Ucrânia na NATO também foi discutida na conversa.

Ler mais
Recomendadas
marcelo_rebelo_sousa_legislativas_voto

Marcelo considera “positiva” averiguação da PGR sobre caso dos jornalistas vigiados

Em causa está a decisão da procuradora Andrea Marques, magistrada envolvida em processos como o e-Toupeira, mandar a PSP vigiar jornalistas do Correio da Manhã, da Sábado e da RTP, com o objetivo de saber quem eram as suas fontes de informação.

PremiumVitorino Silva: “Se Marcelo tiver 70% Costa será o primeiro a cair”

Candidato conhecido por “Tino de Rans” diz que chefe de Estado “embalou” Governo por interesse e promete ter “povo avulso” no Conselho de Estado.

ERC cancela debates com Vitorino Silva no Porto Canal depois de queixa do PCP

O Porto Canal considerou como “pidesca” a decisão da ERC ter decidido não ouvir os argumentos da televisão antes de tomar a decisão. O canal televisivo argumenta que apenas tentou “reparar uma injustiça” quando Tino de Rans ficou de fora dos debates nas principais televisões nacionais, tendo apenas a RTP recuado na decisão. ERC deu razão ao parecer da CNE que considerou que o modelo de debates pode por em causa o “princípio de igualdade de tratamento e de não discriminação, privilegiando um dos candidatos sobre os demais”.
Comentários