Prestação da casa paga ao banco desce em dezembro

A prestação paga ao banco pelos clientes com crédito à habitação indexado à Euribor a seis meses desceu novamente em dezembro, face à última revisão, segundo a simulação da Deco/Dinheiro&Direitos para a Lusa.

No caso de um cliente com um empréstimo no valor de 150 mil euros a 30 anos, indexado à Euribor a seis meses com um ‘spread’ (margem de lucro do banco) de 1%, este pagará a partir deste mês de dezembro 459,59 euros, o que significa menos 6,71 euros face à última revisão da prestação, em junho.

Mas há um crescimento do valor a pagar, ainda que reduzido, no caso de um empréstimo nas mesmas condições mas indexado à Euribor a três meses.

Neste caso, num crédito nas mesmas condições, o cliente passará a pagar 455,33 euros, mais 47 cêntimos do que o pago desde setembro.

As taxas Euribor são o principal indexante em Portugal nos contratos bancários que financiam a compra de casa. A Euribor a seis meses é a mais usada, seguida da taxa a três meses.

As taxas de juro continuam em terreno negativo. Em novembro, a média da taxa Euribor a seis meses foi de -0,337%, um novo mínimo histórico, e a média da taxa a três meses de -0,401%.

Recomendadas

Eldorado fiscal. Governo pode vir a taxar reformados estrangeiros

O regime de residentes não habituais isenta os reformados estrangeiros de pagarem IRS em Portugal e no seu país de origem. Em cima da mesa está a ser discutida a possibilidade de criar uma taxa mínima de 15% a 20%, avança o Expresso, ainda assim atrativa para continuar a atrair estes reformados para Portugal.

Banco Africano do Desenvolvimento aprova empréstimo de 20 milhões para reforçar setor privado em Cabo Verde

O projeto insere-se no propósito do banco de industrializar o continente africano e de melhorar a vida da sua população, duas das maiores prioridades de desenvolvimento do BAD.

O que marcou 2019? Vote nas personalidades e acontecimentos do ano

Políticos nacionais, líderes mundiais, personalidades do mundo dos negócios marcaram 2019, um ano cheio de acontecimentos que captaram as atenções dos leitores. Vote aqui até segunda-feira, 23 de dezembro até às 16h00, para escolher a ‘Personalidade do Ano (Nacional), Personalidade do Ano (Internacional), Personalidade do Ano (Empresas), ‘Acontecimento do Ano’ (Nacional) e ‘Acontecimento do Ano’ (Internacional). Descubra os resultados no Jornal Económico de 27 de dezembro.
Comentários