Primeiro-ministro japonês avança com nova remodelação governamental

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, anunciou esta quarta-feira uma nova remodelação ministerial, da qual se destaca a saída de Taro Kono da pasta da diplomacia e a sua transferência para a pasta da Defesa. A sexta remodelação desde que o primeiro-ministro tomou posse, em dezembro de 2012, é vista como uma tentativa de renovar a […]

Alexandre Meneghini/Reuters

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, anunciou esta quarta-feira uma nova remodelação ministerial, da qual se destaca a saída de Taro Kono da pasta da diplomacia e a sua transferência para a pasta da Defesa.

A sexta remodelação desde que o primeiro-ministro tomou posse, em dezembro de 2012, é vista como uma tentativa de renovar a imagem do Governo nipónico de manter políticas comerciais e de segurança voltadas para os Estados Unidos.

Com as mudanças de hoje, Abe integra no seu gabinete 13 pessoas que nunca tinham ocupado qualquer pasta. De um total de 19 ministros, apenas dois permanecem na mesma posição.

O antigo chefe da diplomacia, Taro Kono, passa para a pasta da Defesa, substituindo Takeshi Iwaya, que assumiu o Ministério na remodelação do ano passado e agora está fora do Governo.

Quem assume a pasta dos Negócios Estrangeiros é Toshimitsu Motegi, o homem que esteve no centro das negociações comerciais com os Estados Unidos.

Motegi tem um árduo trabalho pela frente, numa altura de renovadas tensões com a Coreia do Sul, as disputas territoriais com a China e a Rússia e com a Coreia do Norte, devido ao seu programa nuclear.

O porta-voz do Governo, Yoshihide Suga, um pilar da equipa, permanece no mesmo lugar, assim como o vice-primeiro ministro e ministro das Finanças, Taro Aso.

Shinichiro Koizumi, filho do antigo chefe do Governo Junichiro Koizumi, vai para a pasta do Ambiente, e há apenas duas mulheres (Administração Interna e Jogos Olímpicos), embora Abe continue a dizer que quer uma sociedade onde a população feminina “brilhe”.

Ler mais
Recomendadas

Surto de vírus desconhecido na China é transmissível entre humanos, alertam autoridades de saúde

A nova estirpe de coronavírus foi descoberta na cidade de Wuhan, no centro da China, que tem 11 milhões de habitantes. A Comissão Nacional de Saúde da China alertou para que haja maior precaução por parte dos habitantes já que se aproxima a celebração do Ano Novo chinês no final desta semana.

Sonangol envia auditoria à gestão de Isabel dos Santos para a justiça

A consultora internacional foi contratada em fevereiro de 2018 para verificar as contas da filha do ex-presidente José Eduardo dos Santos, que presidiu ao Conselho de Administração da petrolífera estatal angolana entre junho de 2016 e novembro de 2017, até ser exonerada pelo Presidente da República, João Lourenço.

Luanda Leaks: Ana Gomes diz ser “criminoso” que autoridades invoquem acesso ilícito

“Uma coisa é o acesso ilícito que possa ter havido por parte de alguém, outra coisa é as autoridades, perante documentos que estão no domínio público, que são do seu conhecimento, que revelam criminalidade organizada, desconsiderarem isso e justificarem a sua inação com o acesso ilegítimo a sua inação”, afirmou Ana Gomes.
Comentários