Produção industrial da Alemanha cresceu 7,8% em maio

De acordo com os dados desta terça-feira do Ifo, o instituto de estatísticas germânico, a produção industrial total aumentou 7,8% em maio, em termos ajustados, quando no mês de abril tinha afundado 17,5%.

Alemanha

A produção industrial da Alemanha aumentou acentuadamente em maio, após o levantamento das restrições para conter a pandemia da Covid-19. De acordo com os dados desta terça-feira do Ifo, o instituto de estatísticas germânico, a produção industrial total aumentou 7,8% em maio, em termos ajustados, quando no mês de abril tinha afundado 17,5%.

A medição da produção industrial é um indicador importante para medir o desempenho da economia. Por isso, a recuperação da produção industrial alemã é um sinal de que a maior economia da Europa está a recuperar da crise gerada pela pandemia da Covid-19.

Ainda assim, a recuperação ficou abaixo dos 10% estimados pelos analistas, segundo a Reuters. A produção de bens de primeira necessidade cresceu 27,6%, tornando-se no principal motor do aumento da produção industrial.

O crescimento foi mais modesto em outras áreas e as fábricas produziram menos bens intermediários. Já os pedidos de produtos industriais para exportação aumentaram 10,4% em maio.

Segundo a Reuters, o nível da produção industrial ainda está abaixo dos níveis registados antes da pandemia da Covid-19.

Recomendadas

Portugal regista mais 325 casos e seis mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas

A região de Lisboa e Vale do Tejo regista o número mais elevado de infeções ao dia de hoje, tendo confirmado mais 204 casos em relação aos dados da véspera. O número de casos recuperados em Portugal aumentou para 39.177.

Madeira regista mais um caso positivo de covid-19

A Madeira tem 27 casos ativos de infecção por coronavírus. Total de casos confirmados é de 127 e recuperações estão em 100.

França com forte aumento de novos infetados em um dia com 2.524 casos

O número de novas infeções pela doença Covid-19 em França teve um forte aumento com 2.524 casos nas últimas 24 horas, muito acima dos 1.397 registados na terça-feira, divulgou esta quarta-feira a Direção Geral da Saúde (DGS) daquele país.
Comentários