Projeto da Universidade de Coimbra no top 3 em concurso da ONU

Incentivar a comunidade académica para a reciclagem de artigos em plástico e equipamentos elétricos e eletrónicos é o objetivo do projeto da UC.

Espalhar pontos de recolha por todo o ‘campus’. É desta forma que o projeto R€cycler pretende sensibilizar a comunidade académica para a reciclagem dos resíduos.

Após a recolha do resíduo, o projeto propõe uma pequena retribuição económica, traduzida em créditos que poderão ser utilizados no ‘campus’, tanto em cantinas como em cafés.

R€cycler da Universidade de Coimbra (UC) conquistou o terceiro lugar na final do concurso 2030 Campus Challenge, que decorreu esta sexta-feira em formato online. O projeto, que se integra na categoria Campus in The City, tem como objetivo principal promover e incentivar a comunidade académica para a reciclagem de dois resíduos principais: o plástico e os equipamentos elétricos e eletrónicos (EEE).

“É uma grande honra conseguir estar no top 3 deste concurso, que contou com 1.351 participantes. Este projeto vai ao encontro do compromisso da UC e em promover os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e implementar comportamentos mais sustentáveis em todas as suas atividades”, sendo o grande objetivo da instituição ser a “primeira universidade portuguesa a alcançar a neutralidade carbónica”.

O 2030 Campus Challenge, é uma iniciativa da Agência Universitária da Francofonia com o apoio do Centro de Informação Regional das Nações Unidas e da startup francesa Agorize.

O projeto “We Learn Lab”, coordenado pela Senghor University, do Egipto, e o projeto “Plasma”, da Universidade de Campinas Brasil, conquistaram o primeiro e segundo lugar, respetivamente, ambos na categoria New Educational Issue. As três equipas ganharam uma semana de “Expedição de Aprendizagem” oferecida pela Agência Universitária da Francofonia.

 

Ler mais
Recomendadas

Ensino superior. Governo cria 2370 vagas para alunos do profissional e artístico

As vagas distribuem-se por 21 instituições num total de 456 licenciaturas. As provas de acesso ao regime especial agora criado realizam-se entre 21 e 24 de julho de norte a sul do país.

Ano letivo 2020/21. Aulas do curso de Direito da Católica em Lisboa vão ser mistas

A decisão está tomada para o próximo semestre que arranca em setembro. As aulas da licenciatura de Direito vão ser presenciais e à distância, devido à pandemia da Covid-19.

ISCTE vai formar executivos em Guangdong e consolida presença na China

Acordo com Kingold Training College eleva patamar da presença do ISCTE Executive Education no país asiático, que à área da gestão da saúde junta agora a formação de executivos pura.
Comentários