PS vai voltar a apresentar proposta para a eutanásia

A decisão já foi comunicada ao grupo parlamentar do PS, havendo dois deputados que indicaram a intenção de votar contra a proposta do partido, escreve o jornal “Expresso”.

O PS vai apresentar uma proposta no Parlamento para a despenalização da morte assistida, seguindo o caminho aberto nesta legislatura pelo Bloco de Esquerda, noticia o jornal “Expresso”, na edição deste sábado.

“Vamos apresentar uma iniciativa legislativa, estamos a ultimá-la. Será um projeto semelhante ao anterior, com alguns melhoramentos”, disse a deputada socialista Maria Antónia Almeida Santos, ao semanário.

Segundo a socialista, que foi uma das autoras da anterior proposta, as principais alterações surgem “na exposição de motivos, o que deverá refletir a discussão entretanto feita”.

De acordo com o Expresso, a decisão já foi comunicada ao grupo parlamentar do PS, havendo dois deputados que indicaram a intenção de votar contra a proposta do partido.

Recomendadas

Parlamento chumba valorizações salariais dos docentes do Ensino Superior

As quatro iniciativas legislativas, que abriam a porta à progressão na carreira de quase 10 mil docentes, contaram com o votos contra do PS e a abstenção do PSD, CDS-PP e Chega.

Parlamento rejeita votos de condenação do PCP e BE pelo “golpe de Estado” na Bolívia

Os dois votos foram chumbados com os votos contra do PSD, CDS-PP, IL e Chega. Já o CDS-PP apresentou um voto de condenação e preocupação pela situação em que se encontra a população boliviana, que foi também rejeitado com os votos contra do PCP, BE, PEV, PAN e Livre.

Esquerda chumba voto de congratulação pela equiparação dos crimes do fascismo aos do comunismo

O voto de congratulação apresentado pelo Iniciativa Liberal (IL) pela aprovação, no Parlamento Europeu, de uma resolução que condena de igual forma os regimes totalitários do fascismo e comunismo contou com um parecer favorável do PSD, CDS-PP, Chega e IL e a abstenção de PAN. Já o BE, PCP, PS e PEV votaram contra.
Comentários