PSD considera que a Madeira tem tido uma política ativa no combate às alterações climáticas

O PSD disse que entre as medidas implementadas pelo executivo madeirense para o combate às alterações climáticas estão: redução de perdas e gastos energéticos no tratamento e distribuição de água, requalificação da estação de compostagem, aumento da produção de eletricidade a partir de fontes renováveis, apoios à mobilidade elétrica, os transportes públicos elétricos, e apoio aos passes sociais.

O deputado do PSD Madeira, Guido Gonçalves, considera que o Governo da Madeira tem tudo uma política ativa no combate às alterações climáticas e assumido um compromisso com a descarbonização da economia, durante a sessão plenária que decorre na Assembleia Legislativa da Madeira.

“Urge cada vez mais tomar medidas para as políticas de sensibilização ambiental de modo a descarbonizar a economia, que requer o esforço de todos. A sociedade começa a ficar ciente que é necessário alterar comportamentos e agir com responsabilidade no que diz respeito ao clima. É um dever de cidadania tomar medidas nesta luta que é universal”, afirmou o social democrata.

Guido Gonçalves sublinhou que a política ativa do Governo da Madeira no combate às alterações climáticas se traduz na estratégia Clima Madeira, que permite implementar “acções no terreno como a avaliação de risco e sistema de segurança, na protecção da biodiversidade e protecção da natureza, na requalificação de sistemas de abastecimento de água, na redução de desperdício”.

Entre as medidas destacadas pelo social democrata que foram implementadas pelo executivo madeirense estão: redução de perdas e gastos energéticos no tratamento e distribuição de água, requalificação da estação de compostagem, aumento da produção de eletricidade a partir de fontes renováveis, apoios à mobilidade elétrica, os transportes públicos elétricos, e apoio aos passes sociais.

O social democrata referiu que o Governo Regional tem estado à altura dos acontecimentos no que diz respeito ao combate às alterações climáticas, e que o combate às alterações climáticas deve ser transversal à política e aos governos.

Recomendadas

Madeira tem duas situações Covid-19 a serem rastreadas

Miguel Albuquerque referiu que está então a ser feito um trabalho de monitorização e testagem de toda a cadeia de contactos desses dois cidadãos, “no sentido de se prevenir uma situação que se pode eventualmente agravar”.

Madeira: “Não serão autorizados adeptos nos estádios em nenhuma circunstância”, diz Miguel Albuquerque

Estas medidas vão vigorar por 30 dias, sendo reavaliadas findo esse período.

Madeira: Hotéis vão passar a pagar ao IASaúde montantes que recebem dos turistas infetados

Esta medida impõe-se “no sentido de haver uma justa comparticipação nas despesas inerentes ao funcionamento destas mesmas unidades Covid”, referiu o Presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque.
Comentários