PSD quer zona franca e registo de navios incluídos em estratégia atlântica

O deputado do PSD, Paulo Neves, afirmou que o Centro Internacional de Negócios (CINM) e o Registo de Navios (MAR) são de enorme importância para o país, e por isso deveriam ser prioritários para o Governo da República.

O deputado do PSD na Assembleia da República, Paulo Neves, pediu ao ministro dos Negócios Estrangeiros, para defender o Centro Internacional de Negócios da Madeira (CINM) e o Registo de Navios (MAR) como parte de uma estratégia atlântica de Portugal.

O social democrata entende que estes organismos são de “enorme importância” para a política atlântica do país, e por isso devem ser prioritários para a República.

Paulo Neves criticou ainda o “aumento considerável” das importações e o “aumento tímido” das exportações, sublinhando a sua preocuparão com “a tendência de um aumento das importações muito superior ao das exportações”.

“Estas últimas têm crescido muito pouco ao contrário das importações o que motiva um défice da balança. Uma situação bastante preocupante”, disse o social democrata.

Recomendadas

82% das empresas da Madeira reportaram estar em produção ou em funcionamento

O inquérito realizado pela Direção Regional de Estatística diz que apesar de existirem mais empresas em produção ou em funcionamento, 79% das empresas diz continuar a ter um impacto negativo no volume de negócios.

Vamos proteger o nosso planeta? Saiba como pode tornar-se mais sustentável

As consequências dos nossos hábitos de consumo e reutilização são hoje bem visíveis. Basta referir as alterações climáticas.

Projetos lei para suspensão da Lei de Finanças Regionais e moratória no empréstimo do PAEF aprovadas na AR

Os diplomas foram discutidos na passada quinta-feira e foram aprovados hoje.
Comentários