PSD vai votar contra o OE2022. “Não tem uma estratégia de longo prazo”, critica Rui Rio (com áudio)

Segundo o líder social democrata, a versão proposta de Orçamento do Estado para 2022 “não privilegia aquilo que é importante que é justamente o apoio ao tecido produtivo”.

O presidente do Partido Social Democrata (PSD), Rui Rio, anunciou esta sexta-feira que o partido que lidera, da oposição, vai votar contra o próximo Orçamento do Estado (OE2022).

Em conferência de imprensa, depois de se ter reunido com o Presidente da República, Rui Rio disse que após o Conselho Nacional do PSD o partido decidiu que votaria contra a proposta orçamental para 2022.

“Por diversas razões, mas de forma geral podemos dizer que é um Orçamento que segue uma continuidade”, começou por justificar. Para o PSD, este é “um Orçamento que não tem uma estratégia de longo prazo como nenhum outro Orçamento para trás tiveram estratégias de longo prazo na exata medida em que o Partido Socialista ora negocia com o Bloco de Esquerda, ora só com o PCP”.

Segundo o líder social democrata, a versão preliminar do OE2022 “não privilegia aquilo que é importante que é justamente o apoio ao tecido produtivo, o apoio às empresas que é para haver mais emprego e melhores empregos”

“Tem lá algum dinheiro mas é o do PRR porque o dinheiro do Orçamento propriamente dito para as empresas é uma coisa muito escassa, na ordem dos 160 a 170 milhões de euros”, frisou Rui Rio, considerando que este valor não faz “diferença rigorosamente nenhuma

Além do PSD também o CDS-PP e a Iniciativa Liberal já admitiram que vão votar contra o Orçamento do Estado para 2022.

Recomendadas

Covid-19. África do Sul ultrapassa três milhões de infeções

A África do Sul, que detetou a nova variante Ómicron e está a entrar na quarta vaga da pandemia, com um aumento exponencial de novas infeções, ultrapassou esta sexta-feira os três milhões de infeções pelo coronavírus SARS-CoV-2, segundo números oficiais.

Portugal regista mais 2.535 casos positivos e 21 mortes por Covid-19

Nas últimas 24 horas, foram retiradas 14 pessoas em enfermaria, para um total de 902. Nos cuidados intensivos foi colocado mais um doente (129 no total).

OMS diz que medidas aplicadas para travar variante Delta devem funcionar com Ómicron

O diretor regional da OMS para o Pacífico Ocidental alertou ainda que “enquanto a transmissão continuar, o vírus pode continuar a sofrer mutações”.
Comentários