PSI-20 inverte tendência e segue a negociar no ‘verde’

Quanto às congéneres europeias, o espanhol IBEX 35 perde 0,59%, o francês CAC 40 sobe 0,24%, o britânico FTSE 100 cai 0,11% e o alemão DAX evolui 0,66%. 

A bolsa de Nova Iorque começou o dia em queda, impulsionada pelo Banco Comercial Português (BCP) e segue no meio sessão a subir 0,30% para 5.578,92 pontos. Relativamente às congéneres europeias apenas o francês CAC 40 e o alemão DAX também negoceiam em terreno positivo.

O BCP que antes perdia 2,52% para 0,16 euros, agora cede 2,46% para 0,1588 euros. Por sua vez, a EDP soma 1,23% para 4,69 euros, a Altri desce 0,29% para 5,14 euros e a NOS desvaloriza 0,58% 3,40 euros. A Corticeira Amorim avança 0,51% para 11,88 euros. Os CTT perdem 0,51% para 4,88 euros.

Quanto às congéneres europeias, o espanhol IBEX 35 perde 0,59%, o francês CAC 40 sobe 0,24%, o britânico FTSE 100 cai 0,11% e o alemão DAX evolui 0,66%.

Sobre os mercados europeus, o analista de mercados Ramiro Loureiro sublinhou que as “praças europeias seguem na sua maioria em alta, com o IBEX e o Footsie100 a serem as exceções aos ganhos europeus. No exterior o setor tecnológico lidera os ganhos no universo Stoxx600, com a SAP a ser uma das cotadas que mais valoriza no setor, após ter elevado o outlook anual”. No DAX, a SAP aprecia 4,95% para 122,640 euros.

“A contrastar com a SAP está o recuo superior a 3% da Just Eat Takeawawy, depois de ter reportado as encomendas do 3.ºtrimestre. No seio empresarial destaque para a valorização da LVMH, após ter reportado vendas recorde e acima do esperado no 3.ºtrimestre, impulsionando assim as ações de luxo europeias como a Hermes e Burberry”, referiu Ramiro Loureiro.

O analista ainda acrescentou que “o setor de banca é um dos mais pressionados na Europa, com a descida das yields de dívida soberana na Europa a serem um dos pontos de pressão, juntamente com notas de imprensa de que o BCE pode aumentar requisitos de capital a alguns bancos espanhóis”.

Recomendadas

Tecnológicas destacam-se em Wall Street. Nasdaq subiu 3%

A Apple disparou 3,54% para 171,18 dólares depois de o Morgan Stanley ter elevado o preço-alvo da fabricante do iPhone de 164 dólares para 200 dólares. Tesla também fez brilharete em Nova Iorque.

PSI-20 fecha no ‘verde’ com apoio da EDP Renováveis e Jerónimo Martins

Praça lisboeta terminou a sessão a valorizar 2,31%, para 3.952,48 pontos nesta terça-feira, seguindo a tendência das suas congéneres europeias.

Wall Street arranca no ‘verde’ animada com aumento das exportações em outubro

No início da sessão, o S&P 500 sobe 2,02%, para 4.684,30 pontos, o tecnológico Nasdaq valoriza 2,81%, para 15.653,5 pontos, e o industrial Dow Jones ganha 1,50%, para 35.755,08 pontos.
Comentários