Qual é o melhor país do mundo?

A Suécia ultrapassou os outros 162 participantes assumindo uma posição de liderança no Good Country Index, uma tabela baseada em trinta e cinco indicadores.

A Suécia é oficialmente o melhor país do mundo.

A nação lidera o ranking de 162 países graças às suas contribuições positivas estilo de vida, incluindo prosperidade, igualdade, saúde e bem-estar.

Segundo o The Independent, o país venceu no estudo “qual é o melhor país?” no que trata de servir os interesses do seu povo, evitar impactos nocivos para outras nações e o meio ambiente.

O país ultrapassou os outros 162 participantes assumindo uma posição de liderança no Good Country Index, uma tabela baseada em trinta e cinco indicadores.

A Suécia obtém o maior índice de contribuições positivas para o estilo de vida, incluindo prosperidade, igualdade, saúde e bem-estar, ao mesmo tempo em que apresenta um bom desempenho cultural.

A Islândia encontra-se nos primeiros lugares da lista em indicadores relativos à contribuição global para a proteção do clima e planeta, onde registam baixas emissões de CO2 e uma produção mínima de material perigoso.

O Reino Unido está no topo da tabela quando se trata de ciência e tecnologia, um indicador que tem em conta publicações científicas, estudos, prémios Nobel e patentes.

O relatório, que avalia as contribuições de um país para o planeta e o nível de vida da raça humana – medido em PIB – é ideia do consultor político Simon Anholt, cujo objetivo é “encontrar maneiras de encorajar os países a colaborar e cooperar muito mais, competindo cada vez menos”.

“Um bom país é aquele que contribui com êxito para o bem da humanidade, claro que deve servir aos interesses do seu próprio povo, mas nunca à custa de outras populações ou dos seus recursos naturais: esta é a nova lei da sobrevivência humana” afirma o politólogo.

Ler mais
Recomendadas

Uma caixa de preservativos custa 153 euros na Venezuela. Saúde pública está em causa

A crise económica e política que se sente no país de Maduro levou a uma escassez geral de produtos e, em circunstâncias favoráveis, alguns destes bens nunca se considerariam preciosos, como medicamentos, géneros alimentares e contracepção.

Qual o truque por trás da fortuna de 87,4 mil milhões de euros de Bill Gates?

Apesar de ter descido uma posição na lista dos multimilionários, a fortuna de Gates aumenta a cada minuto e o co-fundador da Microsoft permanece em modo de criação de riqueza.

Novos contratos de concessão de blocos petrolíferos em Angola também vão permitir exploração de gás

Até à entrada em vigor do decreto publicado em maio do ano passado, todo o gás encontrado nas explorações petrolíferas em Angola pertencia ao Estado, o que estava a retirar o interesse aos investidores, admitiu a responsável.
Comentários