Quantum Pacific Group passa a deter 85% da SAD do Famalicão

“O reforço da participação da Quantum Pacific Group na SAD estava previsto entre as partes com a subida à I Liga. Esta é mais uma forma de fortalecer a parceria que efetivámos há um ano e que nos permitiu alcançar o sucesso desportivo tão desejado por todos os sócios e adeptos”, reconheceu o presidente Jorge Silva.

O Famalicão, líder da I Liga portuguesa de futebol, anunciou hoje que o grupo Quantum Pacific fortaleceu a posição na SAD do emblema nortenho, passando a deter 85 por cento do capital social do organismo.

“A Quantum Pacific Group aumentou a sua participação no capital social da SAD do FC Famalicão. A Quantum Pacific está entusiasmada com o projeto e fortaleceu ainda mais a sua posição, detendo agora 85% do capital social da SAD do FC Famalicão, com os restantes 15% a ficarem na posse do FC Famalicão – clube”, pode ler-se no comunicado publicado pelo Famalicão.

Desta forma, e “na sequência do reforço da posição da Quantum Pacific na SAD do FC Famalicão, Miguel Ribeiro é o novo presidente da sociedade anónima, Amit Singh é o novo administrador executivo e Jorge Silva é o presidente do clube e administrador não executivo da SAD”.

Miguel Ribeiro, presidente da SAD, assume que este reforço na parceria tem em vista apenas um objetivo e que passa pelo crescimento e fortalecimento do Famalicão.

“Estamos a dar continuidade aos pergaminhos que caracterizam o Famalicão. Aquando da entrada da Quantum Pacific Group na SAD, definimos a intenção de contribuir para o crescimento do Famalicão. Esta é uma parceria que está a conseguir deixar marca no futebol português”, afirmou.

O presidente do clube, Jorge Silva, admitiu que este passo deve ser encarado com naturalidade.

“O reforço da participação da Quantum Pacific Group na SAD estava previsto entre as partes com a subida à I Liga. Esta é mais uma forma de fortalecer a parceria que efetivámos há um ano e que nos permitiu alcançar o sucesso desportivo tão desejado por todos os sócios e adeptos”, reconheceu.

Para o futuro, Jorge Silva deseja que as partes continuem “a trilhar um caminho que permita aprofundar a relação e compromisso” que juntou as partes e que “faz antever mais êxitos no futuro”.

O representante da Quantum Pacific Group, Amit Singh, revelou tratar-se de “um projeto ambicioso e no qual é inegável a competência e conhecimento de quem tem a missão de o dirigir”.

Ler mais
Recomendadas

Fórmula 1 regressa a Portugal com o apoio da cervejeira Heineken

Esta marca de cerveja, que pertence ao grupo que controla a Central de Cervejas, vai lançar uma campanha que resulta da parceria global com a Fórmula 1, iniciada em 2016, “plataforma excecional que tem servido para reforçar o compromisso da cerveja Heineken na promoção de mensagens responsáveis sobre o consumo de bebidas álcoolicas aliado à condução”.

“Jogo Económico”: “Ausência da receita da bilheteira traz impacto significativo”

Na última edição do programa “Jogo Económico”, da plataforma JE TV, Miguel Farinha, partner da EY, realçou que ao nível das receitas, os clubes portugueses estão dependentes de duas variáveis colocadas em causa pela pandemia: as transferências e as receitas de bilheteira.

Quase 20 milhões de euros em apenas um mês. Quanto pode ganhar Jorge Mendes neste mercado?

Jorge Mendes continua a ser o principal agente de futebol a nivel mundial. O agente português não teve contratempos relativos à pandemia de Covid-19 e, como prova do seu trabalho, finalizou cinco negócios no espaço de um mês, todos eles avultados, que poderão render ao agente português quase 20 milhões de euros.
Comentários