Quatro distritos do continente sob aviso amarelo devido à chuva

O IPMA prevê para hoje na região norte céu com períodos de muita nebulosidade, vento fraco a moderado do quadrante leste, soprando moderado a forte nas terras altas até meio da manhã e pequena descida da temperatura mínima.

Quatro distritos de Portugal continental estão hoje sob aviso amarelo devido à previsão de aguaceiros, localmente fortes e acompanhados de trovoadas, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Os distritos de Évora, Setúbal, Beja e Portalegre vão estar sob aviso amarelo entre as 12:00 e as 18:00 de hoje.

O aviso amarelo é emitido pelo IPMA sempre que existe risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

O IPMA prevê para hoje na região norte céu com períodos de muita nebulosidade, vento fraco a moderado do quadrante leste, soprando moderado a forte nas terras altas até meio da manhã e pequena descida da temperatura mínima.

Para as regiões centro e sul, está previsto céu geralmente muito nublado, diminuindo gradualmente de nebulosidade na região centro a partir do final da tarde e períodos de chuva ou aguaceiros, que podem ser localmente fortes e acompanhados de trovoadas até final da tarde.

Está também previsto vento em geral fraco do quadrante leste, soprando moderado no Algarve até meio da tarde, e moderado a forte nas terras altas até meio da manhã, rodando temporariamente para noroeste na faixa costeira ocidental durante a tarde.

A previsão aponta ainda para neblina ou nevoeiro temporário em alguns locais, em especial até final da manhã, e pequena descida da temperatura máxima, em alguns locais do interior.

As temperaturas mínimas vão oscilar entre os 06 graus Celsius (na Guarda e em Bragança) e os 16 (em Faro) e as máximas entre os 15 (na Guarda) e os 25 (em Braga).

Ler mais
Recomendadas

Hotelaria em Milfontes contorna cerca sanitária com “algum sucesso”

A cerca sanitária nas freguesias de São Teotónio e de Almograve, em Odemira (Beja) é uma “barreira” que, “para já”, o setor da hotelaria na vizinha Vila Nova de Milfontes está a conseguir ultrapassar com “algum sucesso”.

Futuro pós-vacinação entre reforço de dose, controlo de variantes e medicamentos

A incerteza sobre a duração da imunidade das vacinas contra a Covid-19 deixa o futuro do combate à doença entre o reforço da vacinação, a monitorização de novas variantes e o desenvolvimento de terapêuticas alternativas, avançam especialistas à Lusa.
Supremo Tribunal de Justiça

Supremo indemniza maquinista da MTS despedido após levar filha na cabina

Relação de Lisboa já tinha defendido que responsabilidades parentais do trabalhador divorciado se sobrepunham aos direitos da concessionária do metro de superfície em Almada e no Seixal. Segue-se cálculo do valor a pagar a quem foi despedido por nove faltas consideradas injustificadas.
Comentários