Quem vai sobreviver ao aquecimento global? Estes são os países com mais hipóteses

Na Ásia, países em constante evolução, como a China e o Japão, destacam-se dos demais, com melhores infra-estruturas para se adaptarem à mudança a acontecer no planeta.

Os líderes mundiais continuam focados em encontrar um plano para salvar o planeta das alterações climáticas. Os relatórios recentes defendem que os avisos feitos pelos cientistas na última década subestimaram o alcance do problema, noticia o Independent.

Uma equipa da Eco Expert compilou uma infografia com dados do índice Notre Dame Global Adaptation (ND-Gain), um ranking anual dos quais os países estão mais preparados para se adaptar a um mundo ‘aquecido’.

© Eco Experts

Com melhores condições de adaptação na América do Norte surgem os Estados Unidos da América e Canadá, apesar de serem apontadas dificuldades severas para as cidades mais costeiras, como Nova Iorque e Miami. Na Europa, destacam-se pela positiva a Finlândia, a Noruega, Suécia e Reino Unido, apesar de todo o continente apresentar ‘bons resultados’, exceptuando-se Roménia, Ucrânia e países circundantes.

O continente africano revela sérias dificuldades na adaptação ao aquecimento global, contrastando com a Austrália que apresenta um alto nível de adaptação. Na Ásia, países em constante evolução, como a China e o Japão, destacam-se dos demais, com melhores infra-estruturas para se adaptarem à mudança a acontecer no planeta.

Recomendadas

China cancela negociações comerciais e não vai deslocar-se até Washington

Pequim tinha preparado uma delegação para se deslocar à capital dos EUA na próxima semana, revelaram fontes próximas à “Bloomberg. O “Wall Street Journal” também já havia dado conta que a China tinha posto de lado a ideia de enviar o vice-primeiro-ministro Liu He, integrado na delegação.

EUA denunciam repressão de Pequim contra minoria muçulmana

Os Estados Unidos denunciaram esta sexta-feira o tratamento por parte de Pequim em relação à minoria étnica chinesa de origem muçulmana uigure, que sofrem de detenções arbitrárias, tortura ou vigilância permanente, na região de Xinjiang.

Hong Kong inaugura nova linha ferroviária de alta velocidade para o interior da China

Hong Kong inaugurou este sábado uma nova linha ferroviária de alta velocidade para o interior da China, que irá reduzir consideravelmente o tempo de viagem entre os dois territórios, sendo que parte da estação fica sob jurisdição chinesa.
Comentários