Queres estudar no estrangeiro? Embaixada do Japão oferece bolsas a estudantes portugueses

A Embaixada do Japão está a oferecer bolsas de estudos para licenciatura, pós-graduação, mestrados ou doutoramentos com inicio previsto para abril de 2020.

Estão abertas as inscrições para o programa anual de bolsa de estudos para o Japão. O governo japonês abriu as portas das suas instituições de ensino para estudantes portugueses interessados em conhecer uma nova cultura e adquirir conhecimento naquele país. Para isso, a partir de hoje estão abertas as inscrições para o programa anual de bolsas de estudos.

As bolsas oferecidas pelo Ministério da Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia do Japão, vão cobrir os custos de licenciatura, pós-graduação, mestrados ou doutoramentos nas áreas de Ciências Exatas e da Terra, Saúde, Tecnologias, Agricultura e Recursos Naturais e Ciências Sociais e Humanidades.

O prazo de inscrição para as pós-graduações, mestrados e doutoramentos decorre até 26 de junho, enquanto que para as licenciaturas as candidaturas estão abertas até 5 de julho. Em todos os casos, as candidaturas devem ser enviadas para a Embaixada do Japão. Incluído na bolsa está uma viagem ida e volta, isenção de taxas escolares e um subsídio mensal.

Para os interessados no programa de licenciaturas os requisitos mínimos resumem-se em ter uma nacionalidade portuguesa, idades entre os 18 e 24 anos, 12 anos de escolaridade e conhecimento avançado da língua japonesa e inglesa. Este programa tem a duração de cinco anos, com inicio em abril de 2020.

Já as bolsas de estudo para os interessados em pós graduações, mestrados ou doutoramentos exigem que os candidatos sejam de nacionalidade portuguesa, com idades entre os 24 e os 34 anos, uma licenciatura concluída e conhecimentos de língua inglesa avançada. Nos três casos, a duração dos estudos vai de um ano e meio a dois anos, com início previsto para abril do próximo ano.

Outras informações sobre as inscrições e detalhes do programa estão disponíveis no site da Embaixada do Japão.

Ler mais
Recomendadas

PremiumDeco alerta para dificuldades das famílias na literacia financeira

Os dados da Deco indicam que as famílias que pedem ajuda à associação possuem em média cinco créditos, e que as taxas de esforço na Madeira ultrapassam os 70%.

Rainha de Inglaterra volta a contratar. Salário atinge os oito mil euros mensais

A vaga é para diretor de viagens da família real para assegurar a compra de “serviços de viagem seguros, eficientes, económicos e adequados”. Trabalhar 7,5 horas por dia para a rainha dá direito a um salário superior a oito mil euros mensais.

Licença de maternidade: Esclareça aqui todas as suas dúvidas

No que à licença de maternidade diz respeito, muitas dúvidas podem existir sobre quanto se pode receber e durante quanto tempo.
Comentários