R.I.R quer educação gratuita na Madeira

O partido refere que apesar dos apoios do Governo Regional e das Câmaras Municipais estes não são suficientes para “cobrir nem metade dos gastos” que o encarregados de educação têm com os filhos.

O R.I.R quer educação gratuita na Madeira, do 1º ao 12º ano, com apoios para manuais escolares, material e passes sociais.

“Os apoios hoje apregoados pelo Governo Regional e pelas Câmaras Municipais, com o objectivo único de somar votos, ficam muito aquém dos valores gastos pelos encarregados de educação, estes apoios não cobrem nem metade da despesa que os pais têm com os seus filhos”, defende o partido.

O partido entende que estas medidas devem incluir também os alunos do ensino superior.

O R.I.R refere ainda que se deve cumprir o que está na constituição, em que “a educação é gratuita”, alertando que se  “diz uma coisa e na prática faz-se outra”, reforçando que têm sido os pais a pagar essa fatura.

Recomendadas

Funchal lança APP do Município na Semana da Mobilidade

No dia 21 de setembro, às 9h vai ser dado o tiro de partida da I Bike Paper do Funchal, na Praça do Município, uma prova organizada em parceria com a Europe Direct Madeira e a Associação de Ciclismo da Madeira.

Madeira: Cinema português em destaque na segunda edição do Festival Filmes no Terraço

Antes de iniciar cada sessão do Made In Portugal, vai haver duas curtas-metragens de vídeo-dança de artistas estrangeiros.

Jorge Figueira é candidato a presidente da seção regional da Madeira da Ordem dos Enfermeiros

“Não me lembro em 25 anos de profissão de ter visto outro bastonário ser tão proativo e intransigente na defesa da liberdade de imprensa, do direito de opinião e do pluralismo dos enfermeiros”, disse Jorge Figueira sobre a Ana Rita Cavaco.
Comentários