R.I.R quer educação gratuita na Madeira

O partido refere que apesar dos apoios do Governo Regional e das Câmaras Municipais estes não são suficientes para “cobrir nem metade dos gastos” que o encarregados de educação têm com os filhos.

O R.I.R quer educação gratuita na Madeira, do 1º ao 12º ano, com apoios para manuais escolares, material e passes sociais.

“Os apoios hoje apregoados pelo Governo Regional e pelas Câmaras Municipais, com o objectivo único de somar votos, ficam muito aquém dos valores gastos pelos encarregados de educação, estes apoios não cobrem nem metade da despesa que os pais têm com os seus filhos”, defende o partido.

O partido entende que estas medidas devem incluir também os alunos do ensino superior.

O R.I.R refere ainda que se deve cumprir o que está na constituição, em que “a educação é gratuita”, alertando que se  “diz uma coisa e na prática faz-se outra”, reforçando que têm sido os pais a pagar essa fatura.

Recomendadas

Albuquerque confirma ciclo de diálogo após PS ter deixado de “tentar prejudicar” Madeira

O governante destacou que já se registaram avanços no Orçamento do Estado para 2020 em matéria da clarificação do financiamento do novo hospital da Madeira e da introdução de uma taxa variável que permitiu a redução de sete milhões de euros por ano no serviço da dívida da região.

Albuquerque garante que governo PSD/CDS vai cumprir legislatura até ao fim

Para Miguel Albuquerque, este primeiro período de governação conjunta tem “corrido muito bem”, porque o executivo, “acima dos interesses partidários, põe os da população que serve”.
Comentários