Rádios juntam-se para transmitir em direto e simultâneo dois debates eleitorais

O primeiro debate, marcado as 10h00 do dia 18 de setembro terá transmissão em direto e em simultâneo na TSF, Antena 1 e Renascença e participarão o António Costa, Rui Rio, Catarina Marins, Assunção Cristas, Jerónimo de Sousa e André Silva. No dia 23, o frente a frente será apenas entre os candidatos do PS e do PSD.

As rádios TSF, Antena 1 e Renascença vão realizar dois debates eleitorais, colocando frente a frente os cabeças de lista dos partidos com assente parlamentar e candidatos às eleições legislativas, que se realizam no dia 6 de outubro, noticia a TSF.

O primeiro debate, com o título “Debate na Rádio”, terá lugar às 10h00 de 18 de setembro e terá transmissão em direto e em simultâneo na TSF, Antena 1 e Renascença e participarão o António Costa, Rui Rio, Catarina Marins, Assunção Cristas, Jerónimo de Sousa e André Silva.

No dia 23 de setembro terá lugar o segundo debate, desta vez limitado aos líderes dos dois principais partidos – PS e PSD – mas ainda não tem hora especificada. O debate final entre António Costa e Rui Rio será transmitido a partir da Faculdade de Medicina Dentária, em Lisboa.

Relacionadas

Premium“O PS continua altamente permeável aos interesses económicos”

Deputado alerta para os riscos da maioria absoluta no sistema democrático e diz que o Governo de PS, com acordos à esquerda, trouxe maior abertura ao diálogo interpartidário. Pretende mais responsabilidade política e recusa-se a fazer “oposição estéril”.

Assunção Cristas e André Silva em debate (quase) crispado

Ao contrário do que vem sendo a regra, o debate entre a líder do CDS e o dirigente do PAN não foi cordato. Os dois protagonistas desentenderam-se em praticamente todos os assuntos.

Costa quer Portugal a crescer mais que média europeia

O secretário-geral do PS traçou o objetivo de Portugal crescer mais que a média da União Europeia durante a próxima década.
Recomendadas
antónio_costa_silva_partex_4

António Costa Silva defende “pacto entre Estado e empresas”

António Costa Silva, gestor nomeado pelo primeiro-ministro para coordenar os trabalhos preparatórios do plano de relançamento da economia, defende, em entrevista à Lusa, um “pacto entre Estado e empresas” e um “equilíbrio virtuoso” com os mercados.

Costa Silva: Plano de recuperação económica deverá ser entregue no final do mês

O plano de recuperação económica terá “cerca de nove ou 10 pilares estratégicos” e deverá ser entregue “no final do mês”, disse António Costa Silva, gestor nomeado para coordenar os trabalhos preparatórios do plano de relançamento da economia.

PSD quer aumentar dedução do IVA com hotéis e hostels para promover férias em Portugal

A medida consta do programa de retoma económica apresentado esta quarta-feira pelo PSD e tem em vista incentivar os portugueses a dar preferência a férias em Portugal e contribuir para uma recuperação rápida do setor que foi fortemente prejudicado pela pandemia da Covid-19.
Comentários