Recebeu um SMS do BPI para ativar serviço no homebanking? Cuidado que pode ser fraudulento

O BPI está a ser alvo de tentativa de fraude através do envio de mensagens a clientes para ativarem serviço digital e evitarem multa de 38,69 euros. Mensagens de telemóvel (SMS) contém um link com uma ligação para páginas fraudulentas, pretendo os piratas informáticos  recolher os dados pessoais dos clientes bancários. Banco aconselha os clientes a não darem seguimento a qualquer pedido suspeito ou não iniciado pelo próprio cliente.

Piratas informáticos estão a enviar um SMS para clientes do BPI e outros consumidores sem conta neste banco, numa mensagem que contém um link com uma ligação para páginas fraudulentas. A mensagem de telemóvel diz que o utilizador perdeu acesso ao homebanking e pede para ativar serviço digital e evitar uma multa de 38,69 euros através de um link que será redirecionado para uma página que irá pedir dados pessoais ou financeiros ou tentar instalar malware no telemóvel. Banco alerta para esquema fraudulento de phishing com o intuito de recolher os dados bancários dos mais incautos e assegura que “tomou todas as medidas necessárias para minimizar os seus efeitos”, aconselhando os clientes “a não darem seguimento a qualquer pedido suspeito ou não iniciado pelo próprio cliente”.

“BPI-NET Aviso: Utilizador suspenso ative agora (mais link que redireciona para uma página falsa). Evite multa de 38,69 euros”, lê-se na mensagem que está, nos últimos dias, a ser enviada a clientes e não clientes do BPI e que inclui uma hiperligação para a suposta ativação de um serviço digital.

Fonte oficial do BPI avançou ao JE que “tem conhecimento desta tentativa e tomou todas as medidas necessárias para minimizar os seus efeitos”. E “aconselha os clientes a não darem seguimento a qualquer pedido suspeito ou não iniciado pelo próprio cliente”.

Segundo a mesma fonte, o BPI toma todas as medidas necessárias para manter estas situações sob controlo, nomeadamente informando, sempre que necessário, os clientes através de todos os canais do banco e disponibilizando um número de contacto (800 200 102) para o esclarecimento de dúvidas. (exemplo https://pt-pt.facebook.com/bancobpi/videos/phishing-smse-mail-bpi/819056445341580/)

O banco, prossegue, comunica ainda regularmente com os seus clientes sobre as melhores práticas de segurança e tem publicado no seu site público e sites de Home Banking conteúdos e recomendações sobre segurança online e sobre o que fazer: https://www.bancobpi.pt/seguranca-online.

O que é phishing

O phishing é um método usado para conseguir dados confidenciais, como o nome de utilizador (username), palavra-chave do cartão bancário (password) e outros elementos pessoais que, depois, serão vendidos a terceiros ou utilizados para fazer transações sobre contas existentes ou para a abertura de novas contas bancárias. Muitas vezes, o utilizador recebe um e-mail de alguém que se faz passar pelo banco. Ou um sms no telemóvel ou smartphone – neste caso, estamos perante um caso de smishing, ou seja, phishing por sms.

 

Os alertas para tentativas de burla envolvendo entidades bancárias ou empresas têm sido recorrentes nos últimos tempos, tendo clientes de outros bancos sido alvo de um esquema idêntico ao do BPI com a pandemia de Covid-19 a ter gerado, segundo as entidades policiais, uma “intensificação” das tentativas de fraudes e ataques informáticos.

Deco aconselha cuidados redobrados

Para quem utiliza regularmente o homebanking (a página online do banco que permite proceder a operações bancárias),a Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor (Deco) aconselha cuidados redobrados para evitar burlas como a alterar com frequência a palavra-chave; actualizar regularmente o antivírus do computador, nunca aceder à página do banco através de links fornecidos por correio electrónico ou SMS, não abrir anexos de mensagens não solicitadas, desconfiar de mensagens com endereços estranhos ou português incorrecto, nunca inserir dados pessoais em páginas que não garantam uma ligação segura, isto é, que não comecem por “https:// e ter por hábito consultar a lista de instituições autorizadas a prestar serviços bancários no site do Banco de Portugal.

Ler mais
Recomendadas

Quer comprar casa? Conheça todos os impostos que terá de pagar

Existem alguns impostos na compra de imóvel que são obrigatórios. Veja como calculá-los e descubra se pode beneficiar de isenção no pagamento destes.

Direito a férias: descubra tudo o que precisa de saber neste guia

Confira a quantos dias tem direito e quais as regras para marcação e acumulação de férias.

Abono de família: quem tem direito e quais os valores?

Conhece os critérios avaliados para a obtenção do abono de família? Saiba aqui se tem direito a este apoio, como pode recebê-lo e qual o montante.
Comentários