Reino Unido: Novas infeções por Covid-19 atingem número mais alto dos últimos quatro meses nas últimas 24 horas

Com 409.729 casos de Covid-19 registados no Reino Unido e, com o aumento substancial de novas infeções, as autoridades sanitárias britânicas confirmam que já está a atravessar a segunda onda da pandemia.

Reino Unido | Getty Images

Os novos casos de infeção de Covid-19 no Reino Unido subiram para 6.178 nas últimas 24 horas, naquela que é a terceira maior subida diária desde o início da pandemia, de acordo com os dados divulgados esta tarde, dia 23 de setembro, pelo Departamento de Saúde do Reino Unido, segundo o “The Mirror”.

Seis meses depois, o Reino Unido voltou a atingir um pico no número de pessoas infetadas. Com 409.729 casos de Covid-19 registados no Reino Unido e, com o aumento substancial de novas infeções, as autoridades sanitárias britânicas confirmam que já está a atravessar a segunda onda da pandemia.

Os dados mais recentes do Departamento de Saúde incluem casos em hospitais, em lares de idosos e na comunidade. Atualmente, existem 1.469 pessoas a ser tratadas em ambiente clínico com 181 pacientes ligados a ventiladores.

Recomendadas

Das telecomunicações aos créditos: Saiba como pode poupar dinheiro

Nos dias que corre é fundamental atacar todas as fontes de desperdício. Usar o seu dinheiro com critério e ponderação. Aproveite para cortar as suas despesas, passo fundamental para aumentar as suas poupanças e a sua segurança financeira.

PremiumEUA: Entre o fim da era Trump e a repetição da surpresa

Todas as sondagens indicam que o democrata Joe Biden terá mais votos na terça-feira, mas o atual presidente conta repetir a vantagem no colégio eleitoral. Garantida a contestação a qualquer resultado, teme-se o caos.

O que fazer às minhas poupanças em tempo de crise

O pânico afetou os mercados com quedas generalizadas nas várias classes de ativos. É possível que as suas poupanças tenham também sofrido uma grande desvalorização. Neste contexto é natural que se pergunte o que fazer às suas poupanças. Neste artigo vamos deixar-lhe alguns pontos para a sua reflexão.
Comentários